Blog

Claudia Raia, um exagero de mulher

por claudiaraia em 03/06/06 - 15h:25m

Ela tem quase 40 anos, dois filhos e um corpo que deixa para trás muita menininha de 20 anos. E não é para menos: em 1,80 metro de altura (1,10 metro só de pernas), a atriz exibe coxas malhadas, barriga dura e braços torneados. Aqui, ela conta tudo o que faz para manter as formas exuberantes que exibe com muito sal e pimenta na novela das 8s

Era um sábado de manhã quando ela desembarcou no aeroporto de Cumbica, em São Paulo. Ao encontrar a nossa equipe, pediu licença para fazer uma ligação. “Oi, amor. Cheguei. As crianças estão bem? Não esquece de brincar de massinha com a Sophia, eu prometi que você faria isso...”, recomendou ao marido, o ator Edson Celulari. Assim que desligou o telefone, virou e perguntou: “E aí, vamos começar a entrevista?” Essa é Claudia Raia: elétrica, agitada, um verdadeiro furacão. E basta passar cinco minutos ao lado dela para descobrir que é aquele tipo de pessoa que acumula funções e vai resolvendo um problema aqui, outro ali... “Sou ligada no 220 mesmo, mas faço tudo com dedicação”, afirma. Disso, ninguém duvida. Na pele da sensual Safira, na novela Belíssima, da Rede Globo, vira e mexe Claudia tem que aparecer de calcinha e sutiã durante as cenas – o que deixa os telespectadores boquiabertos e curiosos para saber como ela consegue manter tudo no lugar. “Um corpo não se faz em um, dois, cinco anos... Eu danço desde os 3 anos de idade, faço musculação há 20 anos. É um trabalho da vida inteira. Além disso, nunca fui de comer besteira, não tomo refrigerante nem bebida alcoólica e não fumo. A questão é que quando você é jovem ninguém nota. Aí a idade chega e os resultados vão aparecendo. A gente é reflexo daquilo que vive”, acredita. Como a atriz tem uma vida muito corrida, com horários loucos, a solução foi montar uma academia completa em casa (na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro). É lá que três vezes por semana, em sessões de 45 minutos, ela treina musculação, com a orientação do personal trainer Tonhão, de São Paulo. “Ele me passa os treinos por telefone e eu faço exatamente o que manda. A cada 15 dias, o Tonhão vem para o Rio e me acompanha no fim de semana”, diz. Além dos exercícios nos aparelhos, Claudia ainda faz atividade aeróbica três vezes por semana (caminhada, corrida, escada ou transport), por 50 minutos, e aulas de balé duas vezes por semana.
vaidade sob controle
“Não tenho muita paciência para passar creme para isso, para aquilo”, conta Claudia, que só não abre mão do filtro solar. “O Linea Telle FPS 30 para peles oleosas é um dos que costuma utilizar no dia-a-dia. Quando vai para o sol, Helioblock FPS 60, sempre!”, diz a dermatologista da atriz, Gisele Torok, do Rio de Janeiro. “No corpo, é ainda pior. Sou muito grande. Quando chego na metade, já cansei”, justifica. No entanto, a dermatologista convenceu-a a fazer uma hidratação alternativa. “Ela utiliza o Hidrashower, da Dermage, com polifenol de uva, aloe vera e vitamina E. É superprático: basta passar no final do banho e enxaguar”, diz Gisele. Também não é muito fã de blush, sombra e afins. E garante que muitas vezes sai de casa de cara lavada! Mas nunca sem o seu perfume favorito, Beautiful, da Estée Lauder. “Aí é sagrado”, ressalta. Há quatro anos, ela se rendeu aos benefícios da drenagem linfática. “Achava que era coisa de madame. Mas fiquei impressionada quando resolvi experimentar. Dá uma limpada, previne a celulite, irriga a pele”, comemora. Pelo menos uma vez por semana, ela se encontra com a fisioterapeuta especializada na área estética Daniela Rosseto, de São Paulo. “Faço uma drenagem linfática associada à massagem redutora”, conta Daniela. Quem cuida das madeixas de Claudia é o cabeleireiro Wanderley Nunes, de São Paulo. “Ele foi genial na hora de decidir o visual da Safira. O look estilo Sophia Loren, com luzes mel no fundo escuro, está fazendo muito sucesso. Mas na vida real eu não uso aquele volume todo, gosto mais liso.” No dia-a-dia, aliás, a preocupação com os fios é mínima: ela muda diariamente de xampu (tem vários no banheiro e vai revezando) e muito de vez em quando faz uma hidratação.
formas secas e definidas
“Tem gente falando que emagreci 10 quilos para fazer a novela. Uma maluquice. Desde que tive a Sophia e recuperei meu corpo, conservo o mesmo peso. Estou com 65 quilos. A diferença é que o treino foi adaptado. Eu pedi para o meu personal uma silhueta mais longilínea, com menos músculos, pois a personagem, apesar de sexy, é uma mãe de família que não malha”, explica. Ela também faz questão de deixar claro que não toma absolutamente nada para controlar o peso: “Eu sou totalmente contra remédio para emagrecer. Apenas tomo um medicamento para repor o hormônio da tireóide. Eu tirei seis nódulos, só tenho 20% da glândula em funcionamento”.
disciplina acima de tudo
Essa é a palavra-chave na vida de Claudia Raia. Ela luta contra tudo e contra todos para mexer o corpo diariamente. “Não é fácil. Alguns colegas dizem que eu não durmo. Durmo pouco mesmo: umas cinco ou seis horas por noite. Às vezes, faço aula de balé às 21h30. Atualmente, com as gravações da novela, às 23 horas eu estou na esteira. E aí troco a corrida por uma caminhada, para conseguir decorar o texto ao mesmo tempo. É uma loucura, mas não deixo de me exercitar”, diz.
família que malha unida...
Quando pode, gosta de fazer ginástica ao lado do maridão. “Não é sempre que dá, mas a gente tenta praticar pelo menos o exercício aeróbico juntos”, conta. Edson, que mantém o físico enxuto aos 47 anos, é adepto da corrida e faz sessões de musculação. E os filhos do casal, é claro, já entraram nessa onda. Enzo, de 9 anos, treina boxe, faz natação e escalada. Sophia, de 3, adora cair na piscina e freqüenta aulas de balé. “Eu não obrigo nada, fazem porque querem. Tem dia que eles vêm para a academia comigo. A Sophia coloca tênis e diz que quer malhar com a mamãe. Ela fica brincando, mas o Enzo faz exercícios com pesinhos. E aí eu explico para ele que o treino não é brincadeira: se começar a série, tem que ir até o fim. Caso contrário, vira palhaçada.”
a luta contra a genética
A família da mãe de Claudia é de obesos, todos com problemas de diabetes. Por isso a preocupação em se exercitar e ficar de olho no que coloca no prato é tão grande. “Eu tinha uma prima que pesava 150 quilos, é uma tendência genética da família. Preciso estar muito atenta, zelar pela minha saúde. Faço ginástica e cuido da alimentação em busca de qualidade de vida. É claro que o resultado é uma delícia: qualquer roupa fica bacana, as pessoas dizem que você está bonita... No final, acaba sendo ótimo para a auto-estima”, conclui.
a lei da compensação
Comer é um dos maiores prazeres para a moça. Por isso, segura a onda durante a semana, principalmente à noite. “Minha avó falava uma frase que pra mim é lei: café da manhã de rei, almoço de príncipe e jantar de mendigo”, lembra. Ou sábado ou domingo é o dia livre. “Aí, ataco uma picanha na churrascaria. Ou, então, saio para experimentar um risoto, um tutu de feijão ou um bacalhau com azeite. E adoro leitoa. Pessoa que come leitoa tem que ser respeitada, vai?”, brinca. No entanto, Claudia tem alguns pontos a seu favor: não gosta muito de massa e não come doce. Chocolate? Nem pensar. Como é disciplinada, leva marmita para os estúdios da Rede Globo: “Eu chego no Projac de mala. Carrego o meu almoço, o lanche 1, o lanche 2 e o jantar. Assim, resisto fácil àqueles bolos supercalóricos que os maquiadores adoram oferecer pra gente”.
de bem com as imperfeições
A única plástica que fez foi no nariz. “Aquele em formato de berinjela amassada não era meu. Colocaram aqui à força”, diverte-se. “Eu não fui agraciada com um rosto incrível, mas em compensação sou expressiva e engraçada. E tenho saúde e alegria”, completa. No entanto, não esconde a preocupação constante com o bumbum. “A bunda pesa, é uma luta mantê-la sempre em pé. Capricho na malhação e não deixo de fazer as aulas de balé, que ajudam muito. Mas olha que já estou quase andando de ponta cabeça...”
sexy o tempo todo
No dia da sessão de fotos para BOA FORMA, Claudia apareceu de bermuda e surpreendeu muita gente: “Estou sempre vestida da cabeça aos pés, mesmo para ir até a esquina. Não sou uma pessoa esportiva. E a bermuda dá uma idéia de descontração, ninguém me imagina assim. Mas coloquei um salto alto e gostei”. E não é só na aparência que a atriz esbanja sexualidade: “Eu me acho erotizada, libidinosa. Não é que eu seja extraordinária, mas tenho um discurso meio sacana, cheio de brincadeira. Hoje em dia as pessoas acreditam nisso mais do que nunca por causa da Safira. Mas ela é uma mulher do pecado e eu sou uma boa moça, de Campinas, que acredita no casamento, na família, nos amigos e nas coisas do coração”.
o difícil é relaxar...
A impressão é de que ela não pára um instante sequer. E não pára mesmo. “Uma vez, em um spa, um dos profissionais, percebendo a minha agitação, recomendou que no meio do dia eu sentasse e ficasse olhando para o mar por dez minutos. Fui tentar fazer isso em casa e a minha secretária apareceu. Então, disse que não poderia falar naquele momento, pois estava olhando para o mar. Virou um compromisso, eu fiquei mais estressada ainda. Além de trabalhar, malhar, buscar as crianças na escola... Ainda tinha que olhar para o mar. Para mim, isso não funciona”, decreta. Pelo conjunto da obra, não está fazendo falta mesmo!
beleza na mesa
Um dos segredos da ótima forma física da atriz é a sua alimentação regrada. Ela não se descuida e segue à risca as instruções do endocrinologista pós-graduado em nutrologia clínica Francisco Trotte, do Rio de Janeiro (o mesmo que fez um trabalho com Claudia quando ela teve que engordar e depois emagrecer 12 quilos para a novela Rainha da Sucata). “Eu desenvolvi um método que é uma reprogramação alimentar. É possível comer de tudo, basta adequar a quantidade ao metabolismo de cada pessoa”, esclarece o médico, que também é responsável pelo cardápio de Tony Ramos, Marcello Antony e Mônica Torres, entre outros famosos. O programa, denominado Alimentação do Biorritmo, prega que cada indivíduo tem que comer de acordo com as necessidades do seu corpo. “Como a Claudia tem um metabolismo mais lento, por causa do problema na tireóide, eu faço uma adequação calórica reforçando os lanches, que deixam o organismo bem alimentado”, completa.
café da manhã
• 1 papaia
• 1 xíc. (chá) de café com leite
• 1 fatia de pão integral com ricota

lanche 1
• 1 iogurte ou 1 fruta

almoço
• 3 col. (sopa) de arroz ou batata ou macarrão
• 1 filé de carne vermelha, peixe ou frango

lanche 2
• 2 fatias de peito de peru ou 1 fruta ou 1 copo (200 ml) de mate ou 1 barra de cereal

jantar
• 1 prato de salada de folhas verdes
• 1 filé de salmão
Treino
Para acompanhar o pique da bela, nada melhor do que um professor à altura. Tonhão, personal trainer de Claudia há seis anos, é campeão sul-americano e quarto melhor do mundo em levantamento de peso. “Mas vou logo avisando: 90% é dedicação dela. Eu entro com 10% só para conduzir”, observa. O treino, que ela realiza três vezes por semana, é de resistência, com bastante repetição. O segredo, segundo o treinador, está em encontrar a harmonia muscular. “No caso da Claudia, eu não dou bíceps, porque deixa o corpo dela muito masculino. Mas detono as pernas. Ela tem que malhar bastante a parte de trás da coxa para trabalhar também a musculatura inferior dos glúteos e não deixar o bumbum cair”, entrega. E um detalhe: ela faz as séries direto, sem intervalo. Por exemplo: no leg press, faz quatro séries de 12 repetições, sem parar. “Isso só vale para as garotas muito bem condicionadas, como ela. Não vá fazer igual por conta própria, senão pode se machucar", diz o personal. Ele alerta também que as cargas que Claudia utiliza são muito altas (mesmo em um treino de resistência) e não devem ser imitadas.
1º dia -- pernas e bumbum + abdômen 1 + peito
2º dia -- costas + ombro + abdômen 2
3º dia --coxas + tríceps + abdômen 1
PERNAS E BUMBUM
• Mesa extensora (20 kg): 4 x 12
• Agachamento (30 kg): 4 x 12
• Leg press (45 kg): 4 x 12
• Mesa flexora (20 kg): 4 x 12
• Cadeira adutora (60 libras*): 4 x 25
• Cadeira abdutora (60 libras): 4 x 25
ABDÔMEN 1
• Abdominal com caneleira de 10 kg no peito: 4 x 30

ABDÔMEN 2
• Abdominal de resistência na máquina (30 libras): 4 x 50
PEITO
• Supino (15 kg): 4 x 15
• Cross over (20 kg): 4 x 15
• Superior no banco (15 kg): 4 x 15
COSTAS
• Pulley (40 libras): 4 x 15
• Remada baixa (40 libras): 4 x 15
• Remada alta (40 libras): 4 x 15
OMBRO
• Desenvolvimento (12 kg): 4 x 15
• Lateral (8 kg): 4 x 15
• Posterior no banco (3 kg): 4 x 15
TRÍCEPS
• Cabo (15 libras): 4 x 12
• Tríceps francês (10 kg): 4 x 12
• Tríceps no banco (peso do próprio corpo): 4 x 12
COXAS
• Mesa flexora (20 kg): 4 x 12
• Caneleira em pé (12 kg): 4 x 12
• Cadeira adutora (60 libras): 4 x 12
*Alguns aparelhos de musculação têm cargas em quilo e outros em libra.

Ver todos