Blog

Expressões Indianas

por dharma em 25/01/16

Are Baba: uma reclamação equivalente a “poxa”, “ó Deus”
Arebaguandi: expressão equivalente a “ó meu Deus”
Atchá: expressão de satisfação
Atchatchatcha: expressão de muita satisfação
Auspicioso: relativo a boa sorte futura
Baguan Keliê: equivalente a “ó meus Deus”
Baldi: pai
Bhaya: irmão mais velho
Brâmane: classe social mais alta dentro do sistema de castas
Bus: “chega”, “basta” ou “pare”
Dadi: avô por parte de pai
Dalit: classe social mais baixa dentro do sistema de castas, os “intocáveis”
Didi: irmã
Divina Laksmi: deusa da prosperidade e beleza
Djan, Djan: “vá, vá” ou “vamos”
Djan: referência a uma pessoa querida ou amada
Firanghi: inpirado no termo inglês “foreign” (estrangeiro), mas de modo pejorativo
Karwa Chauth: é o dia em que as mulheres casadas fazem jejum
Mamadi ou Mami: mãe
Manglik: indivíduo com o primeiro casamento condenado ao fracasso
Namastê: cumprimento mais popular na Índia
Narrin: um “não” bem enfático
Om Shanti: “desejo-lhe paz”
Puja para Ganesha: um ritual para o Deus Ganesha onde são oferecidas guloseimas
Rechaçada: Mulher repelida da sociedade por razões morais
Rupia: moeda indiana
Sári: traje composto por um pano e usado pelas mulheres indianas
Shukria: “muito obrigado!”
Tchalô: “vamos!”
Tik He: expressão usada quando se concorda com algo
Tik Tik: “sim, sim”
Tuc-Tucs: uma espécie de táxi com uma estrutura sobre duas rodas
Ulu: referência uma pessoa estúpida ou burra
Ulucapatá: o superlativo de Ulu

Ver todos