29/01/09 - 23:19Denunciar

MAIS UM EFEITO DO ROCK

ao som de "Ignorance is bliss", dos Ramones...

"Ignorância é felicidade, você sabe que é verdade
Ignorância é felicidade, apenas olhe para você" - Ramones


"Bush foi para a lixeira da história como genocida". A declaração foi dada hoje pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, durante o Fórum Social Mundial, realizado no Brasil. Mesmo com a mudança histórica da presidência dos Estados Unidos, Chávez continua resistente ao sistema estadunidense. Ele afirmou que o mundo está em "compasso de espera, mas não tem muita ilusão porque o império está intacto".

Estou lendo o livro "O homem revoltado", do Albert Camus...estou aqui pensado: será Chávez um homem revoltado?

Segue uma definição do homem revoltado, dada pelo livro:

"O que é um homem revoltado? Um homem que diz não. Mas, se ele recusa, não renuncia: é também um homem que diz sim, desde o seu primeiro movimento. Um escravo, que recebeu ordens durante toda a sua vida, julga subitamente inaceitável um novo comando. Qual é o significado deste 'não'? Significa, por exemplo, 'as coisas já duraram demais', 'até aí sim, a partir daí, não'. Em suma, este não afirma a existência de uma fronteira. Encontra-se a mesma idéia de limite no sentimento do revoltado de que o outro 'exagera', que estende o seu direito além de uma fronteira a partir da qual um outro direito o enfrenta e o delimita. De certa forma, o revoltado contrapõe à ordem que o oprime uma espécie de direito a não ser oprimido além daquilo que pode admitir. Até então, o escravo se calava, entregue ao desespero em que uma condição, mesmo quando julgada injusta, é aceita. Calar-se é deixar que acreditem que não se julga nem se deseja nada, e em certos casos é, na realidade, nada desejar. O desespero, como absurdo, julga e deseja tudo, em geral, e nada em particular. O silêncio bem o traduz. Mas, a partir do momento em que fala, mesmo dizendo não, ele deseja e julga. O revoltado, no sentido etimológico, é alguém que se rebela. Caminhava sob o chicote do senhor, agora o enfrenta. Contrapõe o que é preferível ao que não o é."




Ramones

Comentários (1)

1. the cutter 30/01/2009 - 13h:46

ainda vou ler as obras de camus =)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.