31/01/09 - 23:22Denunciar

..........

ao som de "world wide suicide", da Pearl Jam...

Arlinho e Branco Lenon, em uma apresentação "não-plugada" hoje pela manhã na cozinha da dona Cleuza...rs.

Mais um sábado em casa. Motivo? Formiga está sem opção de lazer para mim e alguns amigos...rs. Agora, para os outros há o "Formiga Pirô". Esses batuques-carnavalescos e essa alegria falsa de pessoas nada originais adeptas do "oi, flor" (virou moda tratar as pessoas assim) não me agradam não. É de uma artificialidade fora do normal. Mas tudo bem. Cada um se comporta do jeito que quiser.

Hoje, durante o almoço, eu, Branco e Vânia conversamos um pouco sobre cinema (apesar de eu não ser muito conhecedora da sétima arte) e as maneiras diferentes de se começar uma narrativa (tanto em texto quanto em cinema). Branco citou a técnica usada por Conan Doyle ao iniciar uma história de aventura do detetive Sherlock Holmes. Ela começa com suspense, mas ao mesmo tempo com situações engraçadas expressadas por Watson, companheiro de Holmes. É a arte de deixar o leitor/espectador sem tempo para piscar.

Agora, vi pela internet os nomes dos filmes que estão para serem destaques no cinema deste ano. Sherlock Holmes está na lista. A estréia está prevista para 20 de novembro.

Confira o texto sobre o filme:

O maior detetive da literatura ganha uma nova chance nos cinemas. Então, não há casamento mais interessante que o do personagem criado por Sir Arthur Conan Doyle com Robert Downey Jr., recolocado entre as estrelas depois de "Homem de Ferro" e "Trovão Tropical". O Sherlock Holmes de Downey Jr. vai se livrar de certas características marcantes do ícone como o manto e chapéu xadrez, e o cachimbo sempre na boca. O longa de Guy Ritchie focará também na capacidade física do protagonista, exímio esgrimista e boxeador. Sendo assim, esqueçam os quilos a mais de Watson, o médico e fiel companheiro de Sherlock Holmes: o galã Jude Law será o responsável pelo papel na missão de derrotar o vilão Lord Blackwood (Mark Strong).
Vale a espera? Qualquer filme com Robert Downey Jr. vale o preço do ingresso. Some isso ao surgimento de uma nova franquia que, se levada da maneira correta, pode render anos e anos de grandes produções.

Comentários (2)

1. B. 01/02/2009 - 01h:49

Assisti ao filme "Revólver" de Guy Ritchie esta semana. Diz sobre o ego. Muito bom, assistam! Pena que mulheres, em geral, não gosta de filmes do Guy Ritchie...

2. the cutter 01/02/2009 - 02h:39

é, formiga pirou.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.