11/02/09 - 23:37Denunciar

...........

ao som de "Nothing else matters", do Metállica...

O amigão rocker Senilo...enviou-me essa foto na segunda; foto que ainda não me lembro de ter tirado. Quase não vejo Senilo, mas quando o encontro está sempre com uma máquina na mão registrando fotos da moçada e dos shows em BH (quando tem, né...rs). É um rapaz bacana, que tem cara de gostar de Metállica...rs. Hoje, um amigo de SP (fã de Metállica) comentou comigo, via msn, sobre a emoção que sente ao dirigir ouvindo músicas da banda. Lembrei-me das vezes que saí no fusquinha do jornal para fazer matérias, ao som de Metállica. Havia no carro uma fita-cassete com músicas da banda. Parece-me que a fita pertencia ao colega de trabalho, Clayton, ex-proprietário do fusca. Como era a única fita de rock no veículo, eu a colocava para tocar e seguia cantando.

Por que "à distância" não leva crase sempre? Segue uma explicação gramatical:

Com a distância determinada, especificada, acentua-se o "a": "O barco estava à distância de 1 quilômetro". Não há crase quando está subentendido o artigo indefinido: a (uma) grande distância. "A fazenda fica a grande distância da cidade".
A tendência é de encarar a crase de "à distância" como opcional. Com locuções adverbiais que indicam circunstância, como "ensino à distância", o uso do acento segue o mesmo caminho. Vale a sensatez, e a lembrança de que uma ausência do acento pode deixar o texto ambíguo. É o caso de "viu à distância", "escreveu à distância", "permaneceu à distância". A distância é que permaneceu a mesma ou a pessoa é que se manteve distante? Em frases assim, melhor usar o acento indicativo.
A crase serve apenas para distinguir o artigo da preposição, as situações em que apenas nomeamos o substantivo daquelas em que não só fazemos isso como atribuímos mais algum valor a ele. Para não deixar a frase confusa, muitos gramáticos aceitaram o acento sem o encontro de dois "a", evitando que a preposição possa vir a ser lida como artigo, o que alteraria o significado: bater à máquina; fechar à chave; apanhar à mão; pescar à rede; estudar à noite.


Metállica

Comentários (1)

1. Senilo 12/02/2009 - 09h:36

Ju, minhas bochechinhas prediletas...

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.