14/05/09 - 22:49Denunciar

..........

ao som de "Marquee Moon", da Television...

Foto/Paula Sacchetta: Comunidade Ribeirinha - Rio Amazonas

Que banho de felicidade...rs.

A felicidade

Frei Betto

A vida ensina que a felicidade jorra da intimidade. Não há outra fonte. Pode haver prazer na apropriação, alegria no encontro, júbilo numa boa surpresa. Porém, felicidade, como profundo deleite do espírito, só na intimidade amorosa, na oração sem imagens e palavras, na contemplação do belo, no acolhimento do ser querido, na entrega ao mistério, na eternização subjetiva de um momento, na poesia de um toque, um gesto, uma palavra que traz em si plenitude. Ausência de desejos; tão só deixar-se sorver pelo esplendor de uma paz que ora vem como brisa suave, ora sopra como vento forte e assustador.

Comentários (2)

1. Cronista do Mínimo 15/05/2009 - 09h:12

Seu Olavo via o jornal nacional. Meio Brasil debaixo d'água, gripe porca, guerra no Sri Lanka, refugiados no Paquistão. Da sabedoria de sua surdez, ele diz: "Olha só a Lua. A gente olha pra ela e vê aquele trem sem graça, pequeninho, não tem nada lá. Mas é a Lua que governa a gente. Tudo aqui depende da Lua. É as água do mar, é a hora de cortar cabelo, é os doido que sai na rua quando ela tá cheia.

2. Cronista do Mínimo 15/05/2009 - 09h:16

Na roça, a gente vê isso na hora de cortar bambu pra fazer esteira, balaio e peneira. Se cortar o bambu na Lua Nova, ele caruncha tudo e o serviço fica tudo perdido. Tem que cortar o bambu é na Lua Minguante, aí fica tudo certinho. A Lua é que governa a gente!". Seu Olavo, meu Nietzche.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.