10/07/09 - 00:22Denunciar

............

ao som de "man in the box", da Alice in Chains...

O varredor de rua

Na segunda-feira passada, prefeito, secretário de Gestão Ambiental, procuradora, chefe de Gabinete, juiz de Direito e diretor da Penitenciária Regional estiveram no Legislativo para debater mais uma vez o projeto de lei 051/2009 que trata da contratação de presos para limpar ruas de Formiga. Durante os cansativos discursos repetitivos sobre o que trata a proposta, um vereador sabidão, educado, que adora dar sorrisos forçosos e ir às Festas dos Destaques, se mostrou nervoso e fez uma pergunta imbecil, na minha opinião. Questionou se varrer rua traria dignidade ao preso. Representantes da Prefeitura responderam que a profissão de gari é digna como qualquer outra. Ao perceber a bobagem que havia dito, quis se safar da situação afirmando que não era isso que tinha falado.
Hoje, dando sequencia à leitura do livro "O anarquismo hoje: um Projeto para a Revolução Social", cheguei a uma parte que diz: "É, com efeito, o sistema capitalista e meritocrático que atribui a certas tarefas um caráter subalterno enquanto outros são socialmente sobrevalorizados. Na realidade, bem sabemos que nenhum trabalho é mais estúpido que outro, pois a VARREDURA DAS CALÇADAS é tão indispensável quanto a engenharia industrial. É uma razão a mais para mostrar que a objeção não se sustenta, pois, num sistema no qual todos os trabalhos fossem igualmente considerados, não haveria mais essa corrida ao prestígio que hoje conhecemos."
Ao ler esse trecho, me lembrei do questionamento do vereador e de uma conversa que tive dias atrás com um gari, que trabalhava próximo ao Cemitério do Santíssimo. O servidor é filiado ao PT e me parou na rua para dar uma informação. Durante a nossa conversa, ele me contou de uma reportagem que assistiu em que um executivo se vestiu de gari para saber como o profissional é tratado nas ruas. Resultado: não é nem notado. O petista, que faz um curso superior em Formiga, disse que já foi questionado por colegas da faculdade pelo fato de estudar e continuar a trabalhar como gari. Foi enfático: "Não tenho vergonha nenhuma, Jucielle. Gosto do que faço".
Acho que o vereador foi infeliz na sua colocação. Imagina um gari ouvindo isso dele? Imagina esse petista lá assistindo a reunião da Câmara?
Em relação a contratação dos presos, não acho uma boa ideia. Não concordo porque, devido a essa polêmica em torno do projeto, esses detentos vão ficar muito expostos na cidade e poderão ser marcados pela sociedade, que tem mentalidade como a do vereador que frequenta a Festa dos Destaques. Acho viável desenvolver o trabalho dentro da penitenciária, longe dos olhos da sociedade. Assim, quando eles saírem poderão trabalhar normalmente sem ter o dedo apontado pra eles.

Comentários (5)

1. B. 10/07/2009 - 00h:45

Todos querem ser Buarque de Holanda, mas não querem escrever 15 livros...

2. jusmith 10/07/2009 - 22h:25

Hoje saiu o resultado de uma votação popular, realizada na terça, quarta e quinta desta semana, em bairros de Formiga...o "não" ganhou disparadamente do "sim". A população não quer os presos nas ruas. Diante do resultado, o prefeito já desistiu da proposta e pediu para retirar o projeto da Câmara.

3. jusmith 10/07/2009 - 22h:38

A população de Formiga anda muito amedrontada. O número de furtos (crime sem uso de armas e/ou violência) aumentou muito. Fiquei sabendo que só no meu bairro foram dois nesta semana. Segunda-feira passada um conhecido médico formiguense e sua esposa, que moram no Centro, foram amarrados e ameaçados de morte. O roubo (crime com o uso armas e/ou violência) foi um de três já registrados neste mês. Os outros dois ocorreram no Água Vermelha, onde está localizada a Polícia Militar.

4. jusmith 10/07/2009 - 22h:53

Ah, tem uma serralheria próxima ao Unifor que emprega presos. Teve uma vez que, durante uma caminhada, eu e minha mãe encontramos com um grupo de presos uniformizados a caminho do serviço. Agora, fiquei sabendo que durante o trabalho nessa mesma serralheria um deles fugiu. Foi visto pela última vez na MG-050, em sentido a Córrego Fundo. A polícia ainda não conseguiu localizá-lo. Estou sabendo que militares andam alertando famílias nas comunidades rurais.

5. jusmith 10/07/2009 - 22h:55

o sujeito é da cidade de Cláudio e veio para a Penitenciária Regional de Formiga. Foi preso por estupro e assassinato.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.