18/11/09 - 23:27Denunciar

.........

ao som de "let's see action", da Who...gosto muito.

foto jornalística: a feira dominical da Afonso Pena, em BH, vista do alto. Registrei a foto desse lugar em que se pode encontrar de tudo, seja de "cama, mesa e banho" ou gente: de rico a mendigo, pastor a drogado, pagodeiro a roqueiro e por aí vai. Há muita coisa bonita na feira, mas confesso que tenho preguiça de andar por ela, principalmente em dias de sol. Fico com dó dos comerciantes que passam a manhã toda (começam a montar as barracas às 4 horas e só vão embora depois das 13 horas), nesse calor infernal, trabalhando nas barracas. Minha tristeza maior é de ver os vendedores fritando espetinhos e acarajé (eca), engolindo fumaças e bebendo seus suores. Domingo passado o trânsito próximo à feira estava um caos. Na pressa, pessoas atravessaram ruas na frente dos carros e os semáforos mais pareciam enfeites do trânsito. Havia também um barulho desgraçado de samba na rua (mal dava para conversar, parecia que o Neguinho da Beija-Flor tinha baixado na avenida).
Bom, a questão é que, por mais que me cause fadiga, a feira da Afonso Pena é hoje considerada a maior da América Latina e movimenta muito a economia de Belo Horizonte. Uma pesquisa do Centro Universitário Metodista Isabela Hendrix revela que o local recebe aos domingos cerca de 80 mil visitantes; emprega diretamente 11 mil pessoas e movimenta em média R$ 87, 5 milhões por ano. 69% dos expositores têm as vendas na Afonso Pena como a única fonte de renda.

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.