.........

ao som de "psalm", do John Coltrane...

Tela: A dança, de Pierre-auguste Renoir

Mais do que doce...

...é saber que tudo se move a nossa volta, tudo se transforma e, até mesmo quando nos recusamos a acompanhar a dança da vida, sem percebermos, ela nos tira pra dançar, nos envolve com um ritmo novo. Quando isso acontece? Quando nos abrimos para a magia de viver e respirar as entrelinhas, os silêncios.

Caio Fernando Abreu

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.