10/04/06 - 12h:16mDenunciar

Robert Smith

Ontem, ouvi o bloodflowers do Cure (bom disco para ouvir quando se está de ressaca...rsrs). Esse disco é demais!!!!!!!!! Branco pegou o violão para tocar canções do álbum e nós cantamos uma preferida minha "watching me fall"...nessa música, Robert Smith diz que se vê cair...o mais interessante é que interpreta bem a letra nos vocais...grita com desespero e, no final, sua voz vai sumindo como se estivesse morrendo.



Aí vai a tradução da música...



ME VENDO CAIR



Sim tenho me visto cair

Por parece que alguns anos

Me vendo crescer pequeno,

Eu me vejo desaparecer

Escorregando para fora do meu mundo ordinário

Fora dos meus olhos ordinários

Sim escorregando fora do meu eu ordinário

Para a vida de um outro alguém...

Para a vida de um outro alguém...



Existe uma nova lua fria branca fina

E a neve está descendo

E o brilho das luzes de neon de Tóquio

Flutuam através da multidão

Eu tenho sido levado ao redor por horas

E eu estou perdido e estou cansado

Quando um sussurro em meu ouvido

Suspiros insaciáveis

"Por que você não me segue para dentro...?"



Sim a sala é pequena, a sala é brilhante

O cabelo dela é preto, a cama é branca

E a noite é sempre jovem

É sempre jovem...



Sim eu tenho visto eles se esvaziarem até o osso

No espelho da parede

Vendo ela engoli-lo inteiro

Como se não fosse eu de modo algum

Ela segura as mãos dela

E eu fico de joelhos

E a sugada dentro, sorrisos insaciáveis

"Você vai esquecer você mesmo em mim..."



Sim as sala é pequena, a sala é brilhante

Os olhos dela são pretos, a cama é branca

E a noite é sempre jovem

E as noites sempre vão e vão

E a noite é sempre jovem

E a noite nunca acaba e acaba e acaba

E acaba e acaba...



E então está perdida...

E então está perdida...

Sim, então está perdida



Sim é um novo dia cruel, malvado e frio

E do lado de fora a neve ainda está caindo

E a cama de sangue vermelho de Tóquio

Eu me vejo voltando a mim

Ela o puxou para baixo durante horas

Mais profundamente do que eu já estive

E enquanto eu caio no espelho na parede

Eu estou me vendo gritar



Estou me vendo gritar

Eu estou me vendo gritar

Eu estou me vendo gritar



Sim tenho estado me assistindo ir por muitos anos

Me vendo ficar lento, eu me vejo desaparecer

E um dia, sim eu sei,

Eu não vou voltar de modo algum

E sempre de novo

E de novo nos seus olhos ordinários

Eu estou me vendo cair



Eu estou me vendo cair

Eu estou me vendo cair

Eu estou me vendo cair



Comentários (2)

patorocco
1. patorocco 10/04/2006 - 12h31m

E aí Jú blz? Tô pasaanacnvjkdjk jvjnndm mas não vou falar mais pq sei que a ressaca te matou esse fim de semana.

2. Fabinho 10/04/2006 - 13h55m

Jú tô precisando do e-mail do pergaminho pra mandar uma foto pra eles hj,pra falar do show de BH,me manda por favor,,,,valeu

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.