26/05/06 - 11h:45mDenunciar

The Cult

Ouvi The Cult ontem...nunca imaginei que a banda tocava uma música que eu adoro: "Born to be Wild". Fiquei surpresa...





Originalmente nomeada como Southern Death Cult em 1981, a banda liderada por Ian Astbury (14/maio/1962 - Inglaterra) teve vida curta e apenas um álbum lançado. Com a mudança dos integrantes, início da parceria Ian Astbury e Billy Duffy (12/maio/1960 - Inglaterra) e o lançamento de um álbum, a banda tornou-se Death Cult (1983). Logo seria apenas The Cult e lançaria Dreamtime (1984), primeiro trabalho de uma banda muito eclética e pouco convencional. Na época, as revistas americanas classificaram o The Cult como "muito gótico para o público em geral, muito heavy para os góticos e muito progressivo para os punks". O single Spiritwalker logo alcançou os primeiros lugares nas paradas independentes. Com o segundo álbum Love (1985), The Cult conseguiu projeção mundial, alcançando enorme sucesso com a faixa She Sells Sanctuary.



O terceiro album Electric (1987) marcou uma mudança de estilo, de alternativo/punk/gótico para puro rock’n’roll. Sucesso agora em todos os lugares, shows lotados e com a abertura da banda iniciante Guns'n'Roses, a pressão da fama começou a pesar sob membros da banda, particularmente em Astbury, que começava a apresentar problemas com o abuso de álcool. Além disso, a banda sofria com as sucessivas mudanças dos seus componentes. Sonic Temple (1989), produzido por Bob Rock, foi o maior sucesso comercial do The Cult e um dos albuns mais vendidos dos anos 80. Para promovê-lo a banda entrou em turnê e os problemas de Astbury com o álcool pioravam cada vez mais. As músicas Fire woman, Edie (Ciao Baby) e Sweet Soul Sister são tocadas até hoje nas rádios em todo o mundo.

Em 1991, Ceremony é lançado em meio a discussões e discordâncias de Astbury e Duffy sobre a música que o The Cult estava criando. Bem aceito pelos fãs, mas não pela crítica, foi um fracasso comercial. Após a turnê (que inclusive passou pelo Brasil), The Cult não lançou nenhum material novo até 1994 quando The Cult, um album cheio de surpresas, foi apresentado ao mundo. Novamente, Astbury e Duffy reinventam o som da banda e apresentam um album que é pura poesia com música quase pop/eletrônica. Desagradou a muitos fãs, foi completamente ignorado pela crítica e um fracasso comercial. Em 1995, ao final da turnê promocional, depois de um show no Rio de Janeiro, Astbury e Duffy brigam e terminam com o The Cult. Os dois passam a ter projetos solo, mas, em 1999, decidem reatar o The Cult, lançando a música Painted on my Heart, para a trilha sonora do filme estrelado por Nicolas Cage, Gone in 60 seconds. Partem para shows em vários países, são bem recebidos por público e crítica. Em 2001, lançam Beyond Good and Evil, novamente com produção do veterano Bob Rock. É um excelente album de rock'n'roll e, através dele, o The Cult conquistou novos fãs, foi elogiado pela crítica e voltou ao cenário do rock, com uma turnê de sucesso. Infelizmente, em 2002, Astbury e Duffy resolveram dar um tempo com o The Cult e seguem com projetos de carreira distintos.





Aí vai a "Born To Be Wild"...



Steppenwolf/The Cult



Nascido Para Ser Rebelde



Deixe seu motor funcionando,

Rume para fora na auto-estrada.

Procurando por aventura,

No que for que venha em nosso caminho.



Sim! Deus, eu vou fazer acontecer,

Tomarei o mundo num abraço de amor.

Dispare todas as suas armas ao mesmo tempo e

Exploda-se no espaço.



Eu gosto de fumaça e relâmpago,

Trovão de metal pesado,

Correndo com o vento

E a sensação à qual estou sujeito



Sim! Deus, eu vou fazer acontecer,

Tomarei o mundo num abraço de amor.

Dispare todas as suas armas ao mesmo tempo e

Exploda-se no espaço.



Como um verdadeiro filho da natureza

Nós nascemos, nascemos para ser rebeldes.

Nós podemos subir tão alto,

Eu nunca quero morrer.

Nascido para ser rebelde,

Nascido para ser rebelde...



Comentários (2)

1. Pedro Paulo 26/05/2006 - 17h34m

The Cult é do *****. tenho vinil dessa banda.

2. Thalles Thompson 27/05/2006 - 14h37m

OI, eu sou aquele cara que curte the cure tb...\o/ (vc nunca tá on?!)
the cult é muito massa, eu tenho no pc o cd dreamtime, e curto muito o som deles....
bjo

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.