27/10/06 - 01h:07mDenunciar

Peter Hook

No próximo dia 11 esse velho "porra-louca" estará em Belo Horizonte. Peter Hook, homem interessante, foi baixista do grupo pós-punk inglês Joy Division e é de seu sucessor, o New Order. Virá para uma apresentação no Mineirão, junto aos seus companheiros Bernard Sumner, Stephen Morris e Phil Cunningham. Essa eu não perco.



Peter nasceu no dia 13 de fevereiro de 1956, em Salford, na região metropolitana de Manchester, Inglaterra. Seu estilo característico de tocar, usando notas agudas, fez com que na época do Joy Division, por volta dos anos 70, o descrevessem como "um baixista que achava que estava tocando guitarra solo" (afirmações semelhantes foram feitas para John Entwistle do The Who e Chris Squire do Yes). O estilo melódico único de Hook continuou com o New Order. Essa abordagem pouco usual foi muito influenciada, segundo o próprio Hook, pelo equipamento usado de má qualidade que ele usava no início da carreira. Com um equipamento tão simplório, ele era capaz de ouvir claramente seu amplificador apenas quando tocava notas mais agudas.



Além da New Order, Peter Hook brinca de DJ nas horas vagas. Agora deu para rodar o mundo com um case de discos, tocando sets para pista de dança. Antes que o primeiro DJ "profissional" se atreva a fazer alguma observação sarcástica vale lembrar que em matéria de pista de dança ou serviços aos DJs ninguém do New Order precisa provar nada pra ninguém. Mesmo porque o tio está se divertindo muito com a brincadeira... e nada mais. Ele não quer ser o próximo Norman Cook e definitivamente leva a coisa muito menos a sério do que aqueles que o contratam e divulgam com toda pompa garrafal "Peter Hook - DJ Set". De seu apartamento em Majorca, no Mediterrâneo (onde passa metade do ano), o lendário baixista de Manchester pôs as coisas em perspectiva.



Peter Hook fala sobre essa nova brincadeira: "Foi por causa do Mani, do Primal Scream, que entrei nisso. Ele me chamou para tocar e eu pensei que seria uma boa maneira de ficar bêbado sem gastar nada. Quando eu cheguei e vi o que o Mani fazia, foi aí que pensei 'mas isso é que é ganhar dinheiro fácil'", ele ri. Claro que nem tudo é esculacho nessa nova carreira: "O bacana é que isso está me fazendo ouvir muita música outra vez, ir atrás, me empolgar, e ouvir de um ângulo diferente. Eu precisava dessa nova perspectiva depois de ficar amortecido por dois anos de estúdio com a banda."



Ele toca "de tudo", por exemplo, house, Kraftwerk, punk e, claro, músicas do New Order.



"Quando comecei não tocava mas percebi que muitos fãs estavam indo para ver o cara do New Order tocar então comecei a mandar uns remixes bem raros da banda, coisas que pouca gente teria acesso, ou faixas menos conhecidas."



E já esvaziou a pista? "Já, várias vezes", ele gargalha. "Já cheguei a ser tirado da cabine em Londres. O promoter falou que eu devia tocar house comercial aí eu falei 'você me contratou então tem que aceitar o meu som'. Ele não quis saber, me deu me cachê e eu parei."



Texto por Camilo Rocha



Ah, e antes do show em BH, no dia 10, está prevista uma discotecagem de Peter Hook com o jornalista da "Folha S.Paulo" e colunista do Popload, Lúcio Ribeiro, em Brasília.

Comentários (6)

patorocco
1. patorocco 27/10/2006 - 10h37m

Massa Jú...não coneço muito de New Order...mas gostei da discrição do artista...bjim pra vc.

jukhouri
2. jukhouri 27/10/2006 - 15h18m

Ju, quem sabe eu também não marco presença com vcs, hein?!?! com certeza vai ser um sucessssso!!!..rsr.. te amo, amiga!

3. Camila 27/10/2006 - 15h37m

Ele se parece com o Paulo!!!!!

steph
4. steph 28/10/2006 - 13h12m

Que interessante Ju! Não sabia que ele tb era dj e q morava em Majorca. Ele podia era tocar como dj aqui em Bh pra nó heim! Mas por enquanto vamos nos acabar(!!!!) no show mesmo!!!! Não vejo a hora!!!!!
Bjao!

5. Ju Khouri 29/10/2006 - 09h37m

Juuuu, to bastante animada, viu?! acho que vou sim.... rsrs... bjão amiga

6. VLá 3/11/2006 - 21h29m

sou suspeito para falar de Peter Hook, o branco quando me conheceu a "bem mais que 15 dias"eu estava no trailher da pça ferreira pires laricando um sanduba trajando uma camiseta do "substance" isto lá pelos idos de 1990!O Joy division influenciou muito minha adolescencia e vida o Iam Curtiss com aquela poesia "cortante". Com certeza estarei por lá e espero ver todos! Paz amor e rock'nroll!!!

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.