01/05/07 - 05h:31mDenunciar

Macaco Babuino - Floresta Africana

Macaco Babuino - Floresta Africana





NOME COMUM: Babuino

NOME EM INGLÊS: Baboon

FILO: Chordata

CLASSE: Mammalia

ORDEM: Primates

FAMÍLIA: Cercopithecidae

NOME CIENTÍFICO: Papio papio

CARACTERÍSTICAS:

Comprimento: 70 cm, mais 50 cm de cauda.





Várias espécies, incluindo o hamadríade, ou babuíno sagrado, cujo macho tem uma crina nas costas



Observando-se um bando de babuínos, a primeira impressão é de que eles são desorganizados e que não obedecem a nenhuma hierarquia. Mas não é bem assim. Eles têm líderes (os machos dominantes), que exercem autoridade sobre os outros e têm privilégios. Se um alimento for atirado ao bando, os machos dominantes serão os primeiros a escolher. Os outros nem ao menos se preocupam em olhá-lo. Como são dominados aceitam sua posição inferior, quase não há disputas dentro do banco; quando muito, uma pequena briguinha. E nunca há disputas pela posse de fêmeas. Durante o cio, elas acasalam livremente com todos os machos.



Esses macacos, encontrados por quase toda a África, vivem geralmente em campo aberto. O grito agudo das sentinelas avisa o bando da presença de um inimigo. Os babuínos são onívoros, isto é, comem de tudo, mas sua dieta varia de acordo com a estação do ano, território, idade e sexo do indivíduo. As fêmeas e os filhotes recém-nascidos alimentam-se de capim; os filhotes mais desenvolvidos comem casca de árvore, insetos e lagartos. Logo depois de desmamados, os filhotes já são capazes de cuidar de si mesmos.





*** & ***



»SALMOS [80]







1 Ó pastor de Israel, dá ouvidos; tu, que guias a José como a um rebanho, que estás entronizado sobre os querubins, resplandece.

2 Perante Efraim, Benjamim e Manassés, desperta o teu poder, e vem salvar-nos.

3 Reabilita-nos, ó Deus; faze resplandecer o teu rosto, para que sejamos salvos.

4 Ó Senhor Deus dos exércitos, até quando te indignarás contra a oração do teu povo?

5 Tu os alimentaste com pão de lágrimas, e lhes deste a beber lágrimas em abundância.

6 Tu nos fazes objeto de escárnio entre os nossos vizinhos; e os nossos inimigos zombam de nós entre si.

7 Reabilita-nos, ó Deus dos exércitos; faze resplandecer o teu rosto, para que sejamos salvos.

8 Trouxeste do Egito uma videira; lançaste fora as nações, e a plantaste.

9 Preparaste-lhe lugar; e ela deitou profundas raízes, e encheu a terra.

10 Os montes cobriram-se com a sua sombra, e os cedros de Deus com os seus ramos.

11 Ela estendeu a sua ramagem até o mar, e os seus rebentos até o Rio.

12 Por que lhe derrubaste as cercas, de modo que a vindimam todos os que passam pelo caminho?

13 O javali da selva a devasta, e as feras do campo alimentam-se dela.

14 Ó Deus dos exércitos, volta-te, nós te rogamos; atende do céu, e vê, e visita esta videira,

15 a videira que a tua destra plantou, e o sarmento que fortificaste para ti.

16 Está queimada pelo fogo, está cortada; eles perecem pela repreensão do teu rosto.

17 Seja a tua mão sobre o varão da tua destra, sobre o filho do homem que fortificaste para ti.

18 E não nos afastaremos de ti; vivifica-nos, e nós invocaremos o teu nome.

19 Reabilita-nos, Senhor Deus dos exércitos; faze resplandecer o teu rosto, para que sejamos salvos.





### %%% @@@ %%% ###







Participe deixando o seu recadinho ou comentário.

Sugestione.

Obrigado pela Visita!

É muito gratificante têr você por aqui.

Volte Sempre.









(*_*) &(*-*)&

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.