Blog

A MAGIA DO POETA

por adrianacf em 3/10/10

Ela é tíimida e introvertida, carente e anda meio perdida,
antes de ir adormecer a sua dor surrurou no meu ouvido:
" Doce, Magia, Sonho, Poeta "
e a musa, ao acordar, mandou-me escrever..

Ele diz que sou a magia,
mas divino é o seu olhar
Ai meu Deus o que eu daria
para nele poder acordar

Sem saber ele é o meu poeta
e o meu sonho de ilusão,
por ele até o coração aperta
e conhece outra dimensão

Eu queria tanto que ele fosse
do meu corpo o cobertor,
e da sua boca um beijo doce

se desprendesse com amor
para acalmar esta tosse
por onde ecoa a minha dor…

Ver todos