25/09/06 - 14h:49mDenunciar

...Desdominus...

.:: BIOGRAFIA 2005 ::.



O ano de 1993 data o início das atividades do Desdominus, revelando a fúria Death/Black aos apreciadores do metal extremo. Através das letras o DESDOMINUS expõe sua filosofia de vida, que não se baseia em nenhum tipo de dogma ou doutrina, apenas no que julgam ser útil, se mostrando contrários a qualquer tipo de segmento religioso, destruindo a moral, velhos ídolos, velhos conceitos.



Desdominus é:



Paolo Bruno: "Vocais e Guitarra"

Wilian Gonsalves: "Guitarra, Violão e Vocais Limpos"

Ney Paulino: "Bateria e Narrações"

Rafael de Faria: "Baixo"



O ano de 1997 foi marcado pelo registro de sua 1ª Demo Tape, "Autopsy of the Mind", lançada em Dezembro, contendo 4 músicas: *Autopsy of the Mind, *Birthday of Pain, *Amputation of my Dick Decay, *Desdominus. Essa demo teve uma ótima aceitação no cenário underground, criando várias oportunidades de shows pelo sudeste do país. Participaram com esta Demo de 3 coletâneas:



- "Smashing Jesus Head Vol. 1" - K7 - 1998;

- "Symphony of Death Vol. 2" - K7 - 1998;

- "The Last Symphony #1" - K7 - 1999.



Neste período ocorreram modificações na formação da banda, saíram André (Ex-Vocal) e Vice-Cross (Ex-Baixo).



Em Fevereiro de 1999, gravaram sua 2ª Demo Tape denominada "Judgement of the Souls", que foi lançada em Junho do mesmo ano, contendo 4 músicas: *Reality of the Whispers Mine, *Ejaculate in Your Stupidity, *The Fall and the Vision, *Judgement of the Souls.

Esta Demo foi produzida pelo Desdominus, e demonstra uma grande evolução, tanto das composições, como também gravação e arte gráfica, tendo um bom resultado final.

Após intensa divulgação da "Judgement of the Souls" em zines e webzines, a banda parte para uma seqüência de 32 shows, passando pelas regiões sudeste, centro-oeste e sul do país, firmando de vez a bandeira do Desdominus no ímpio underground.

Com a "Judgement of the Souls" participaram novamente de algumas coletâneas, desta vez com distribuição a nível mundial:



-"The Black Light of Silence" K7 - 2000;

- "Black Hole Compilation 1" (com bandas de Death e Black do mundo inteiro - incluso no Black Hole Magazine #9) BRA, CD - 2001;

- "Evil Warrior of Southern Lands #1" (somente ***com bandas de Black Metal do Brasil - Goat Music Records) BRA, CD - 2002;

- "O Livro da morte" (Coletânea somente com bandas Brasileiras - Black Castle Records) EUA, CD - 2003.



No final de 2002, iniciou-se o projeto de gravação de algumas músicas inéditas, que seriam registradas em um home-studio pela própria banda, devido a falta de recursos financeiros. As músicas foram gravadas e após apresentadas, receberam as propostas da Heavy Metal Rock para lançamento em CD, e da produtora Pure Hell Records para regravar e produzir o material em estúdio profissional, reiniciando as gravações em maio de 2003.



No dia 06 de Dezembro/2003 foi lançado o Debut-CD intitulado WITHOUT DOMAIN, pela Heavy Metal Rock, contendo cinco faixas inéditas: *Supremacia Underground, *Opposition Warrior, *Without Domain, *False Creator's Creator e *The Other Side... (Atheist Mind), mais a segunda demo "Judgement Of The Souls" masterizada, totalizando dez faixas de brutalidade, originalidade e técnica.



Após o lançamento do Debut-CD, Rafael de Faria assume o posto de baixista, que estava vago desde 1998.



Em Março de 2005 Douglas deixa a banda, e inicia-se um processo de seleção para um novo integrante. Três meses mais tarde, Paolo Bruno assumi o posto de vocalista/guitarrista deixado por Douglas e inicia-se o processo de pré-produção do 2º CD.



>> CRENÇAS DIVIDEM AS PESSOAS, DUVIDAS AS UNEM







.:: RELEASE::.



...Após 10 anos de intensa batalha no underground extremo, com duas demos lançadas e participação em várias coletâneas, o Desdominus lança seu primeiro CD intitulado WITHOUT DOMAIN, contendo cinco faixas inéditas + a segunda demo "Judgement Of The Souls" masterizada, totalizando dez faixas de brutalidade, originalidade e técnica.



Neste novo artefato, as composições estão mais intensas, característica essa que o Desdominus apresenta desde seu primeiro trabalho, mas que especificamente em WITHOUT DOMAIN, o feeling nas músicas e nas letras, se destacam dos anteriores...



...Esta obra conta também com uma música e narrações em português, sendo que o conteúdo desta última, é um prefácio das letras. A finalização das novas composições ficou por conta da instrumental "The Other side... (Atheist Mind)" que como o próprio nome diz, expõe o lado daqueles que questionam as imposições dogmáticas...



...A arte gráfica foi totalmente desenvolvida pela banda, se transformando na representação gráfica das músicas. A nova gravação foi produzida e mixada pela produtora Pure Hell Records, e todas faixas masterizadas por Paulo Anhaia...

afegao não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.