Dio

Carta Aberta em Homenagem a Ronnie James Dio

Na manhã do último domingo, dia 16 de maio, o Heavy Metal perdeu um dos seus principais ícones com a confirmação do falecimento de Ronnie James Dio (Elf, Rainbow, Black Sabbath, DIO, Heaven & Hell). Milhares de fãs e músicos ao redor do mundo, que englobam diferentes gerações, ficaram órfãos no dia em que uma das vozes mais emblemáticas do Metal se calou, sucumbindo a um pesado tratamento contra um câncer no estômago.

A principal banda do Heavy Metal brasileiro, o ANGRA, se pronunciou através dos seus músicos: Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt (guitarras), além do vocalista Edu Falaschi, prestando suas condolências ao artista.

Kiko Loureiro: “Ninguém entendeu melhor o que é interpretar este estilo do que ele. Dio certamente serviu de exemplo para todos, mostrou que podemos ir longe por muitos anos aos palcos com energia e atitude.

Me lembro claramente da camiseta que mais gostava de usar aos meus treze anos. Era a do “The Last In Line”, um dos seus trabalhos em carreira solo mais marcantes. O mais inspirador disso tudo é que a vi pela primeira vez quando meu professor, na minha primeira aula de guitarra, me mostrou como se adivinhasse que aquela demonstração era em cheio o que eu queria fazer da vida.

Baixinho de voz gigante, que sempre disse que banda de Metal não deveria compor baladas e, ao mesmo tempo, as introduções lentas de suas músicas acabariam por se tornar hinos imortais pro estilo. Dos discos que mais escutei na vida, com certeza está o “Live Evil” do Black Sabbath. Nessa obra em específico, todas as músicas da banda estão como devem ser cantadas!

Sempre preferi o "LOOK OUT" ao "We love you all". A melhor voz do Heavy Metal estará para sempre conosco.

Deixo aqui meus pensamentos fragmentados e vou tocar o “Don' t Talk To Strangers” para me consolar...”

Rafael Bittencourt: “Perdemos Ronnie James Dio! Um exemplo raro de ética e amor à profissão. Ele realmente se doava completamente aos fãs numa entrega que fascinava. A sua espada e a sua força eram, na verdade, a representação de um coração bom e nobre que ele não temia em mostrar quando cantava. Era um pequeno gigante nos palcos quando soltava sua voz. Uma figura singular e inspiradora. Descanse em paz mestre!”

Edu Falaschi: “Ontem a noite, 16 de maio (domingo), eu estava voltando de Manaus após um fim de semana inesquecível com o ANGRA, e tive umas das notícias mais tristes da minha vida: Ronnie James Dio nos deixou!

O mundo perde o melhor cantor de Metal da história mas, acima de tudo, perdemos uma das almas mais brilhantes que já existiu na terra! Um artista que idolatrava seus fãs incondicionalmente e que fazia aquilo que realmente amava: cantar Heavy Metal!

Dio foi meu grande mestre, a pessoa que me inspirou como artista e ser humano! Meu grande e ÚNICO ídolo se foi! Dificilmente um dia preencherei esse vazio que hoje reside em meu peito!

Gostaria de deixar aqui meus sinceros pêsames a toda família Dio. Que Deus ilumine seus caminhos!

Enfim, ficará eternizada em nossos corações sua arte, sua música, sua lição de vida e, principalmente, sua inigualável voz!

Dio, nós te amaremos pra sempre! Obrigado por sua existência! 16 de Maio, o dia mais triste da história do Rock e do Heavy Metal!”

www.msmetalpress.com

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.