Kiko Loureiro

"Essa música é muito diferente de todas as outras que compus. Nunca fui um grande fã de grunge, mas sempre me interessei pelas harmonias despretensiosas. A introdução e o refrão seguem a concepção de estar solto, melancólico, orgânico e rude. Para equilibrar, o restante da música é muito agitado e preciso. Seria como o digital contra o analógico ou a música eletrônica contrabalançando com o rock."

https://www.youtube.com/watch?v=PSVCWwCSGDY

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.