Mike e Marcelo

MARCELO BARBOSA & IBANEZ GUITARS

Ok, muita gente tem me perguntado se fechei um acordo de endosement com a Ibanez. A resposta é SIM, sou o mais novo endorser da marca.

Demorei um pouco a escrever sobre isso porque gostaria de compartilhar um pouco da história por detrás da história e queria fazê-lo com calma. Quem acompanha um pouco minha carreira sabe que calma não foi algo muito comum nos últimos dias com tantos acontecimentos.

Acho incrível como a vida é uma sucessão de desdobramentos de fatos e escolhas que muitas vezes não sabemos onde vai dar.

Em primeiro lugar, quero contar a vocês que a Ibanez foi a primeira marca que tive como referência. Sonhei muitos anos em ter uma, pois vendo ídolos da adolescência como Paul, Gilbert, Satriani e Vai empunhando uma, o que mais queria era poder ter as mesmas guitarras. O tempo passou, tive uma, duas, cinco ou mais Ibanez e mesmo depois disso, quando acabei experimentando outras marcas e caminhos, algumas delas permaneceram comigo, justamente pela memória afetiva de um sonho que parecia distante e se tornou realidade. Sei que pra alguns de vocês, sonhar em ter uma guitarra relativamente cara nem chega a ser um sonho, mas por um tempo na minha vida era algo muito distante sim. Eu ficava namorando as fotos nas revistas e isso de certa forma me bastava... Ou não...

Tenho muitas guitarras de diversas marcas e a última com a qual tive uma parceria foi a Suhr. Quando desfizemos a parceria, decidi ficar um tempo tocando com as guitarras que me desse vontade, sem me ater à obrigação de um contrato seja ele qual fosse.

Depois de um tempo, por indicação do Kiko Loureiro (via Japão) pintou uma proposta da Ibanez. Eles me mandaram oito guitarras que escolhi para testes e fiquei com essas guitarras por alguns meses. A guitarra preta que usei no clipe de Unlocked Scream era uma delas. Pra minha surpresa a negociação esfriou e depois a importadora no Brasil me informou que devido à crise eles estavam suspendendo temporariamente os acordos com novos endorsers no Brasil.
Tudo bem, vida que segue.

Em janeiro de 2016 fui novamente à NAMM Show, a mais importante feira de música e business do mundo que ocorre perto de Los Angeles, California. O Felipe Andreoli havia fechado um contrato com a Ibanez poucos meses antes e gentilmente me ofereceu de marcar uma reunião com a pessoa responsável pelos artistas endorsers no mundo. Antes disso, por email, enviei um material meu com videos, release em Inglês, fotos etc.

No dia marcado para a conversa procurei o Mike no stand da Ibanez. O Felipe estava comigo e ele nos recebeu com um sorriso no rosto. Após um rápido cumprimento ele me puxou pelo braço e disse:

- Sabe de uma coisa, eu te conheço há muitos anos...

Eu fiquei meio sem saber se ele estava brincando ou falando a verdade... Ou onde ia dar aquela conversa. Mas ele continuou:

- Em 2002 você fez um curso na Berklee e foi premiado no final como um dos melhores alunos do curso. Eu fiz este mesmo curso com você, só não era tão bom. Lembrei de você na hora que vi a foto do email, mas queria te contar pessoalmente.

Eu e o Felipe ficamos embasbacados com a coincidência.

Àquela época, com 27 anos, foi a primeira vez que saí do Brasil, e gastei todo o pouco dinheiro que tinha pra conhecer a Berklee e aprender um pouco mais sobre música. Quando iria imaginar que, 14 anos depois, essa história ainda estaria em desdobramento...

Este é o Mike da Ibanez e esta foto foi tirada no momento dessa conversa.

A vida não cansa de me surpreender.

Abraços
!

MB

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.