03/07/05 - 20h:11mDenunciar

Diário da Turnê Européia por Rafael Bittencourt

16 e 17 de junho de 2005



Viajamos por muitas horas de avião, conexões e ônibus até chegar em Lorca. Éramos em onze ao todo. Os cinco da banda, o Fábio Laguna, Zé Luis (técnico de som), Marquinhos Limone (roadie de bateria), Ricardo Fasolo (roadie de todo o resto), a Renata Souza (ganhadora da promoção MTV Clube Social que viajou conosco) e a Elisa Gargiolo (repórter da MTV encarregada de documentar a turnê em vídeo). Todos saíram do Brasil animados e com muita expectativa sobre o que viria pela frente. Ao chegar no hotel em Lorca, só o que queríamos era comer e dormir. Eu, o Kiko e o Edu ainda encontramos energia para um passeio no calçadão da praia para fazermos a digestão, conversarmos e conhecer um pouco a cidade. Muito bonita por sinal!



18 de junho de 2005



O primeiro show foi no Lorca Festival. Lorca é uma cidade Mediterrânea, na costa leste da Espanha, de praias lindas, águas calmas, onde as pessoas geralmente passam suas férias. Muitas famílias e crianças fazem das calçadas um cenário muito alegre. Durante o verão europeu o dia escurece às dez horas da noite e a lua enfeita o céu ainda claro. Nosso show começou um pouco atrasado, mas assim que entramos a platéia esteve o tempo inteiro conosco cantando as músicas e interagindo coma performance. A banda estava com bastante energia apesar da troca de fuso horário e da longa viagem de vinda do dia anterior. Durante as três primeiras musicas da banda seguinte ainda se ouviam coros pedindo pelo retorno do Angra. O festival atraiu quinze mil pessoas e teve como atração principal o Iron Maiden em sua formação clássica, com Bruce Dickinson e Adrian Smith de volta a banda. Tocar nestas condições meio a um monte de outros grandes ícones do rock foi uma maneira muito animadora de começar a turnê.



19 de junho de 2005



Viajamos bem cedo para Florença e ao chegarmos ainda pudemos passear um pouco por uma das mais belas cidades do mundo a procura de um restaurante para matar a fome. Estátuas esculpidas em pedra e bronze adornam toda a cidade que mantém preservada várias construções renascentistas. É uma verdadeira volta ao passado e uma grande emoção passear ao lado das obras de Michelangelo, Da Vince e pisar pelas ruas onde viveu Galileu Galilei.



20 de junho de 2005



Foi um dia livre e eu, o Kiko e o Fabio Laguna alugamos três bicicletas e fizemos um city-tour pedalando pela cidade. Andamos muito até chegar na loja onde alugamos as bikes e quando cheguei já não tinha mais pernas para pedalar. Sem problemas, as paisagens e o cenário nos fizeram esquecer o cansaço. As bicicletas eram bem simples, vermelhas, sem marchas, com buzininhas de estalo com notas diferentes e que quando buzinávamos compúnhamos pequenas melodias aleatórias. O aspecto dos nossos veículos não era muito masculino, mas eram as únicas que estavam disponíveis e preencheram nossas necessidades daquele momento. O passeio foi muito bacana. Na volta, ainda gravamos uma entrevista a beira do rio Arno para a MTV Brasil e depois fomos jantar para terminar o dia. Com toda a equipe presente, as discussões filosóficas foram intermináveis.



21 de junho de 2005



Dia do show. O local era afastado da cidade, cerca de uma hora de carro. Chegamos pontualmente para a passagem de som, mas a montagem do palco estava toda atrasada. Após o almoço, nos dividimos, uns ficaram para esperar e passar o som e outros voltaram para o hotel, eu inclusive. Dormi e foi uma boa decisão. Às vezes é melhor tocar com energia e disposição em um som ruim do que estar pregado durante o show com um som bom. Havia umas quatro ou cinco mil pessoas na hora do show, era um lugar grande e as pessoas ficavam meio espalhadas. Nosso show foi muito bom! Causamos um bom impacto com um set de músicas bem eletrizante! Tínhamos apenas uma hora de show e tocamos apenas as rápidas e as porradas, o público foi vindo com agente no decorrer do show e ao final, estavam todos contagiados. Foi empolgante para nós. Ficamos para assistir a apresentação do Dream Teather que também foi demais!



22 de junho de 2005



Dia do show em Ascoli Pisceno. A cidade é conhecida e visitada por turistas devido seus edifícios antigos muito bem preservados. Um dos lugares mais bonitos da cidade é a Piazza del Popolo, uma praça rodeadas de prédios centenários. Foi lá que nós tocamos. A prefeitura ergueu um palco onde várias atrações acontecem ao ar livre no verão. Uma delas foi o Angra com Dream Teater. Todo aquele cenário foi mais do que inspirador. Ao redor do palco enormes colunas sustentavam os prédios que datavam de 1400 a 1600 D.C.. O dia permaneceu ensolarado até umas 9:30 quando começa e escurecer. O som estava bom, o publico empolgado e nós demos nosso sangue para retribuir aquele povo a emoção que estávamos sentindo em tocar lá.



23 de junho de 2005



Show em Padova. O hotel era um pouco afastado do centro da cidade e o local do show também. Por isso, não pude ver a cidade direito. O show foi num dos lugares mais bonitos que já tocamos, o palco havia sido montado no jardim de um palácio antigo, com um imenso lago artificial dividindo os dois lados do público. Aos lados, árvores e jardins adornados. A lua cheia resplandecia no entardecer enquanto ainda era dia. Este seria o último show na Itália com o Dream Teather, então tocamos felizes, mas com um ar nostálgico e já sentindo saudades da tour.



24 de junho de 2005



Viajamos o dia todo para a cidade de Oviedo, na Espanha. Viagens de ônibus, esperas em aeroporto, conexões, perdas de passaporte (Edu) vôos e problemas com o excesso de peso fizeram nossa viajem durar mais de 15 horas. No aeroporto, assim que virou 00:00 horas comemoramos o aniversário do Aquiles no melhor estilo Priester, segurando e dando muitos socos e chutes nele. Ele reagiu no começo, mas adorou nossa maneira Joselita de expressar carinho. Afinal, somos muito intensos. Chegamos no hotel de destino moídos de cansaço e ainda fizemos um mutirão para ajudar os roadies Marquinhos e Ricardo a enfrentar a escadaria que conduziria todo o equipamento para um dos quartos. Depois disto, apenas com um jantar ridículo do avião, fomos dormir.



25 de junho de 2005



Demoramos mais de uma hora para chegar no local do show porque a motorista do nosso ônibus era esperta como uma topeira cega. Enfim, chegamos todos as 15:00 no local do evento que desapontou um pouco em tamanho depois dos shows da Itália para públicos enormes. Mas, nada há de nos derrotar, não importa o tamanho do lugar e sim manter acesa a chama do metal. Enquanto houverem fãs para nos assistir a eles devotaremos nossa música. Todos com muita fome, praticamente sem jantar na noite anterior e sem café da manhã, à procura do refeitório. Sem sucesso! A alternativa seria checar o camarim. Sanduíches de presunto e queijo, sanduíches de atum, de lingüiça, salgadinhos, azeitona e outras junk foods foram devorados por onze brasileiros famintos assustando alguns espanhóis que observavam. Aquela foi nossa pior refeição da viajem, mas também a mais desejada e apreciada, como diz a vovó, a fome é o melhor tempero. Até os raros saches de mostarda viraram objeto de disputa e discórdia em meio a barbárie gastronômica que acontecia. O dia estava frio e nublado naquela região que tem este clima o ano inteiro, contrastando com o clima quente e ensolarado das outras regiões que visitáramos. Passamos o som que ficou o melhor possível, dentro das condições. O BullRock festival esquentou a noite. Muitos fãs de heavy-metal apareceram para prestigiar o Angra e algumas outras bandas locais. Era aniversário do Aquiles e o Kiko trouxe um bolo de frutas que parecia estar ótimo. Ninguém jamais soube o sabor do bolo que explodiu no rosto do Aquiles numa cena que deixaria a turma do Bozo com inveja. De tanta manteiga o palco ficou muito liso e quase todos escorregaram e caíram. O Aquiles com o recorde de três quedas de bunda seguidas. Uma cena digna de várias vídeo-cassetadas. O nosso show foi mais do que qualquer coisa divertido e tocamos descontraidamente arriscando variações de tempo, dinâmicas e arranjos. Foi o último show da viajem e fechou com chave de ouro a turnê.



26 de junho de 2005



Viajamos muitas horas de volta para casa. Mais uma vez: ônibus, aviões, esperas intermináveis em aeroportos até se chegar em casa. Porem, o clima amistoso e sem brigas (como já é de costume), os shows pela Europa, os fãs e as amizades fizeram desta uma turnê inesquecível. Só faltou o amigo secreto e a fogueira da amizade. Bom, isto fica para a próxima.



Rafael Bittencourt - Barcelona - 24/06/2005

Comentários (7)

heloisaa
1. heloisaa 3/07/05 20:19

Oieeeeee...
td bom???
ESpERu Q SIm!:)
Tah Mo MAsSa TeU FLog!
CuRtI o PosT!
Qnd TiVe tEMpu PaSsa Nu mEu!
FiMz??
FlWww....

lamiss
2. lamiss 3/07/05 21:13

Nyaa...oloko...mtos textos de uma soh vez...vo lê depois aheuaheuea
x**

aninh4bss
3. aninh4bss 3/07/05 21:27

ahuahuahauah
angra eh fodá
masssa demais
fui ne um xow delis aki em goiania
massa pra *****
us kara manda demais

anapime
4. anapime 3/07/05 23:25

e ae blz???
ta massa como sempre
dpois me visita ok??1
falow...

frightmortal
5. frightmortal 4/07/05 2:04

SAUDAÇOES MORBIDAS!!!!
ESTA MO LOKO SEU FLOG!!!
A IMAGEM É SUPER ROX!!!
MO MANEIRO BROTHER!!!
PASSA LA NO MEU FLOG OK!! TO ESPERANDO!!!
...........FRIGHTMOTA
L...........
valeww

anjomensageiro
6. anjomensageiro 4/07/05 9:47

Passei por aqui para te deixar um caminhão cheio de sorte e de muitos..
|^^^^^^^^^^ || ||\__
| ♥Beijos♥ ||||| __ ||'""\\__
|__....._____ | ||"__|__|_||_]
"(@)"(@)""""
"""""(@)""(@)"
Aproveita que meu caminhãzinho tá aqui e pegue uma carona até o meu
flog, aproveita e deixe seu comentário, será um grande prazer poder ler
eles..Mil beijinhos para e vc e tenha um maravilhoso dia..Bjos, vou esperar voce.. voltei...apareçam viu...Deus os abençoe..bjao

ellinhadoidinha
7. ellinhadoidinha 4/07/05 10:51

ah eu tinha visto parte desse diário no site deles! mt massa!!! ah entrei pro fan club!!! uhuu q loko!!
fui.....

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.