22/03/05 - 12h:37mDenunciar

Trivela do Rio foi fuuu!LEIAM TUDO!!!!!!

O Asa de Águia tem uma história de amor com o Rio de Janeiro, uma sintonia que liga a cidade e a banda de forma inesquecível. Foi lá que a banda gravou o seu primeiro CD Ao Vivo da carreira e foi o Asa também que criou a primeira micareta da cidade, o Rio Elétrico, que foi extinta há alguns anos.



Se os artistas têm seus "territórios de domínio", onde concentram a maior parte dos fãs, se as cidades elegem sua banda preferida, não existe dúvida que no Rio de Janeiro quem comanda a galera do axé é o Asa de Águia, a prova disso é o Me Abraça, onde mais da metade dos associados é composto por cariocas.



Sendo assim, era de se esperar que a Trivela seria um dos espetáculos mais badalados da cidade neste ano. Ainda mais por apresentar ao público do Rio a nova trivela, totalmente reformulada, com um design moderno, arrojado e futurista, com direito a cobertura automática e elevador, que coloca Durval a 2 metros de altura e uma qualidade de som melhor e mais potente.



O evento foi muito bem estruturado e elaborado, com entrega de abadás sem filas e acesso ao local sem grandes problemas. A produção escolheu um dos locais mais bonitos da cidade para realizar o show, a Marina da Glória, o que favoreceu bastante, visto que ultimamente os eventos de axé se realizam em locais afastados. A segurança estava reforçada, nunca se viu num evento desse tipo tantas barreiras de revista.



Seguindo a trilha do sucesso que têm sido as últimas Trivelas pelas capitais brasileiras, no Rio de Janeiro não foi diferente e o público saiu bastante satisfeito. Às 18 horas em ponto Durvalino invadiu a área verde da Marina da Glória SOLANDO "Gladiador",ainda na parte interior do seu iate qdo o sol estava se pondo, dando início assim ao tão esperado show. A galera, que estava ansiosa naquela altura do campeonato, nem acreditou quando escutou o som da guitarra.



O espaço reservado para a Trivela estava lotado, com cerca de 8 mil foliões, dentre eles muitas celebridades, o que já é de praxe em shows de artistas baianos na cidade maravilhosa. Ao todo, foram quase seis horas de muita música e animação.



Durval mesclou músicas do seu novo CD, como "Sou Asa", "O Lobo", "Gênio da Lata" e Reviravolta; sucessos consagrados da banda, como "Cadê Simone", "Me Liga", "Dia dos Namorados", "Me Abraça, Me Beija", "Não Tem Lua", "Kriptonita" e hits do axé, como "Olodum Pra Balançar", "Coração", "Maimbê Dandá", "Olha o Gandhy Aí" e "Maria Caipirinha".



Mas o ponto alto da festa foi quando, a pedido do público, Durval tocou "Dia Branco", considerado pelos fãs um clássico do Asa de Águia. Outro momento de muita emoção foi quando, para surpresa dos fãs, ao final do show, Durvalino puxou do fundo do baú a canção "Asa de Águia", primeira música composta por ele para a banda.



É isso q nós estamos pedendo... =(

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.