01/09/07 - 21h:54mDenunciar



Carlos Drummond de Andrade





AUSÊNCIA



Por muito tempo achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta. Hoje não a lastimo. Não há falta na ausência. A ausência é um estar em mim. E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres, porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim.



(com o pensamento em Ana Cristina Cesar)







•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'
''::.•.::'''::.•



Faça aqui sua inscrição para concorrer ao destaque TOP 10 - ESTOU SEM FOTO de Ana Dias







Meus Poemas Aqui











•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'
''::.•.::'''::.•









bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.