O amor tem capacidade transformadora. O sorriso, o abraço, um momento de atenção traduzem valiosas manifestações do amor e onde quer que se apresentem, transformam a dor em esperança, a solidão em conforto.

O amor acende luz na escuridão das vidas em desalento e transforma a terra árida dos corações em jardim ou pomar.

Quando a criatura ama com profundidade real, esquece-se si mesma e seu amor tem a capacidade de libertar as vidas, porque o amor é a força do bem inteiramente livre e saudavelmente direcionada.





Autor:
Equipe de Redação do Momento espírita, com base no cap. Coração brilhante, de Jennifer Lovehewitt, da obra Histórias para aquecer o coração dos adolescentes, de Jack Canfield, Mark Victor Hansen e Kimberly Kirberger, ed. Sextante e cap. 21 da obra Perfis da Vida, do Espírito Guaracy Paraná Vieira, psicografia de Divaldo Franco, ed. Leal.


bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.