07/08/05 - 08h:07mDenunciar

"Ofereço este poema, à minha irmã Margareth, e ela sabe o por que."







Fui contando carneirinho

Até o dia clarear

Me cansei dessa contagem

E comecei a pensar.





Quantos sonhos destruídos

Quanta vida passa em vão

Quantos desejos guardados

Dentro de um só coração.





Vamos lutar pela vida

E os sonhos realizar

Só assim conseguiremos

Ver o amor desabrochar.







Bebeth Lacerda











A violação dos Direitos Autorais (Lei nº 9610/98) é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS.



(Se você quer copiar, não se esqueça de divulgar a autoria)

bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.