05/09/05 - 07h:19mDenunciar

LIÇÃO DAS COISAS



Vamos ser como o sol, que não possui nenhuma lista

de endereços para mandar os seus raios luminosos.



Ele ilumina e aquece o bom e o mau, o americano,

o italiano, o brasileiro.



No meu, no seu jardim

ele faz com que as flores desabrochem.

No meu, no teu pomar, adoça e amadurece

os nossos frutos.



Ou vamos ser como a chuva que não tem mapas,

não tem limites e fronteiras para delimitar

o campo a ser regado.



Vamos ser como a fonte sempre ao alcance de

qualquer um que estenda a mão ansiosa, em concha,

preta ou branca, velha ou jovem, pouco importa.

A fonte é uma perene oferta borbulhante!



Ou vamos ser como a árvore que não recolhe

os galhos com seus frutos quando chega alguém

faminto ou seus ramos oferta a qualquer ave que

queira neles fazer um ninho, quer seja um canário de

bom canto, quer seja um pardal inútil e barulhento.



Vamos ser como o mar que acolhe no seu seio generoso,

grandes rios que têm nome nos mapas, e riachos

anônimos, sem glória; as águas puras, transparentes

das montanhas e os sórdidos esgotos das cidades.



Ou vamos ser como as aves cigarras que dão concertos

para todos, sem reclamar direitos autorais.



Vamos ser como a lua a imitar as estrelas que não

querem saber quem está "lá embaixo" antes de

ornar o céu e de enfeitar a noite.



Então vamos ser todos vida afora, assim

gratuitamente, alegremente, eternamente:

sol, chuva, terra, mar, árvore, estrela ou ave,

que alguém possa dizer que foi feliz ao menos um

segundo na vida porque passamos pelo seu caminho.



Autor não mencionado





Maninha Laramell,



Apesar de não ser de minha autoria, dedico à você ... ontem você me fez experimentar isso!

Obrigada por ter chegado em meu caminho!





"QUER CONHECER PESSOAS NOVAS?"





CLIQUE AQUI

bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.