06/10/05 - 13h:49mDenunciar

QUERO DIVIDIR COM VOCÊS, A EMOÇÃO E ALEGRIA DESSE PRESENT

Quem criança é na alma toca em frente e jamais perde a fé!

Mulher como você!





Pense

No dia daquele juramento

No dia daquela antiga felicidade

No dia daquela moça feliz

Traz

o rosto daquela foto do baile

Traz teus sonhos escritos no diário

Traz tua metade deixada ao meio

Volta

No tempo que coloriu teu rosto

No tempo que tua criança no colo de tua mãe chorou

No tempo daquela boneca

No tempo daquela pirraça

No tempo daquela boca lambuzada de tantos doces

No tempo que teu papai como noel deixou lembranças

pra nunca você esquecer das coisas simples

Da tua menina a correr pela casa

De teus inocentes olhos a imaginar o mundo

Volta

No tempo que o príncipe era valente e te traria um sapatinho de cristal

Volta

A brincar com teus pés nas ondas brilhantes de sol

A cantar uma velha canção de amor

A ensinar o teu coração a perdoar a ti mesmo

Faz

Castelos com teus sonhos quardados em ti

Pinta no papel amassado o valor da vida

Borda no pano de nossa pobre existência algo pra nos lembrar sempre do amor!

Morde na ponta do lápis e escreve bonito seu nome

Traz

O encanto do primeiro beijo

A timidez da primeira declaração de amor

A gargalhada que já quebrou tanto silêncio

Volta

E coloca tuas mãos nas mãos de tua mulher que adormece

Acorda

Tira a corda entre confusos nós

Tira as rédeas

que conduz tua liberdade

Estremece

Chora

Grita tuas mágoas

E dorme aqui do lado de teu coração cansado

Não precisa desvendar teus mistérios

Fica assim calada mas...

Volta

Desobedece as correntes esculpidas nos teus pés

Elas já não existem

Tem a liberdade de uma águia no céu e as flores no campo

Deixa a mulher de terra que há em ti viver em paz

Dilua-a

Deixe-a fluir

Dance-a

Todas as mulheres são de fases

Tem sua hora de "vaca" na boca que se acovarda

Mas é loba sedenta e caçadora

É mulher gata a conquistar tantos ais

É aquela que traída ama muito mais a si mesma

Porque é corajosa e acredita com toda força no amor próprio

É sedutora quando quer

Mesmo que a idade seja maior que a sua vontade

É mulher que luta porque tua vida está na outra medade de um nova mulher.

A roda é viva querida

Ache

seu caminho entre as pedras e

perdas

Seja tua melhor companheira

E de desejos abrasa a vida

Saiba que

O desacato do desencanto está na estação

esperando teu adeus

A tristeza está de malas prontas

Desgoverna-a e deixe-a partir

Ela já viveu demais dentro de tuas entranhas

E fez tua história na página em branco que não escrevestes com as mãos da felicidade

O casulo da tua tristeza

Não fará tuas borboletas voarem

Desenha na tua pele um sorriso de urgência

Pleno e sedento de outros esboços

E entrelaça a esperança como um bonita fita que guarda o presente

Arrebenta-se em floradas de bailadas flores

Há um jardim nos labirintos da tua dor

Nas cicatrizes da tua pele a lembrar

Invade tuas lágrimas e inaugura outra vida

Tira a mordaça da mulher que nasce de

dentro desta que quer morrer

A carcaça do passado

é estátua de sal que não serve para mais nada

Não olhe para trás

Apenas

Desvenda

Crê e olha no espelho outra face no teu rosto

E vai como mestra contar pra teus netinhos um dia,

a doce lição que aprendeu com a vida

Vem

Que Deus te carrega no colo

Fazendo contigo esta estranha e dura travessia

Pois é nas páginas de tua alma

que Ele escreve sua história

E Deus nunca se engana

O QUE SOMOS NÃO ESTÁ ESCRITO NAS PÁGINAS MORTAIS

O QUE JÁ SOMOS, ESTÁ ESCRITO NAS TANTAS LINHAS DE NOSSAS MÃOS

O QUE PODEMOS SER,

ESTÁ ESCRITO NA LIÇÃO DA VIDA

O QUE VIEMOS SER ESTÁ ESCRITO NA PÁGINA DA ALMA

O QUE NÃO QUEREMOS SER, ESTÁ ESCRITO NA PELE DA LÁGRIMA;

O QUE QUEREM QUE SEJAMOS ESTÁ ESCRITO A SANGUE NO CHÃO DESTE INFERNO

O QUE REALMENTE ÉS, ESTÁ ESCRITO NAS MÃOS DE DEUS

O QUE NÃO SERÁ ESTÁ ESCRITO NA FOTO DE SEU ÁLBUM

DESCUBRA QUEM ÉS E VERÁ QUE NÃO ESTARÁ MAIS AQUI, NEM LÁ

ONDE ESTAREI EU NO QUE JÁ FUI?

ONDE ESTARÁ VOCÊ NO QUE JÃ NÃO SABE?

ONDE ESTAREMOS TODOS NÓS QUANDO O ESPELHO SE QUEBRAR

A MÁSCARA DESMENTIR NOSSAS TANTAS CARAS

ONDE ESTARÁ NOSSO ROSTO SE ALGUÉM DESVIAR DE NÓS SEU OLHAR

ONDE ESTARÁ TUA OUTRA METADE QUE TE COMPLETA E DELETA?

ONDE ESTARÁ TUA PROCURA POR TI?

NO AVESSO DE TUA HISTÓRIA?

NA CERTEZA DE TUA VERDADE?

OU NA PALMA DE TUA MÃO?

ONDE ESTARÁ A PERPÉTUA PROCURA DE TODOS NÓS?

VEM

E TRAZ

VOCÊ DE VOLTA PRA NÓS OUTRA VEZ!

Vem, que te amamos

E nunca mais esqueça quem tu és nesta terra onde Deus te gerou e muito te ama!



(poema escrito pra Bebeth, di lola mineirim)

bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.