10/02/05 - 18h:47mDenunciar

Atos gratuitos de amor







Praticar atos gratuitos de amor - que tal?

Disse ao meu marido que o amo. Não custou nada.

Pus um bilhete na lancheira do meu filho dizendo como ele é especial. Não custou nada.

Abri a porta da loja para uma senhora em cadeira de rodas.

Não custou nada.



Deixei uma lata de biscoitos para o carteiro. Não custou nada.

Dei minha vez na fila no supermercado. Não custou nada.

Telefonei para meu irmão dizendo que estava com saudades.

Ele também estava!

Pedi desculpas a um amigo com quem tinha sido agressiva.

Custou um pouco, mas deu muita alegria.



Levei flores e chocolates para uma tia velha. Não custou nada.

Dei passagem para um carro no cruzamento e sorri para o motorista. Não custou nada e ele sorriu de volta.

Comprei um presentinho para minha filha. Era uma coisa de nada, mas ela ficou feliz. Agradeci ao rapaz que embalou minhas compras. Ele ficou satisfeito.



Dei um dia de folga ao meu assistente, mas lhe paguei. Custou só um pouquinho, mas nós dois ficamos contentes.

Convidei uma amiga para um passeio e um cinema. Nós nos divertimos.



Fiz uma massagem relaxante. Me senti maravilhosa.

Atos gratuitos de amor - como me fizeram bem!







Sandy Erzine

Música: Quem de nós dois - Ana Carolina (clique no play para ouvir)
LOOP=true HIDDEN=false WIDTH=70 HEIGHT=25>

bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.