05/04/06 - 13h:33mDenunciar

NÃO ME CANSO DE POSTAR ESTE POEMA!

Filhos...



Teus filhos não são teus filhos.

São filhas e filhos da vida por si mesma.

Eles vêm através de ti mas não de ti,

E embora estejam contigo, não te pertencem.



Poderás dar-lhes teu amor,

mas não teus pensamentos,

pois eles têm seus próprios pensamentos.



Poderás acolher seus corpos mas não suas almas,

pois suas almas habitam a mansão do amanhã

que não podes visitar nem mesmo em sonhos.



Poderás tentar ser como eles,

Mas não tentes torná-los semelhantes a ti.

Pois a vida não para, nem se atrasa com o dia passado.



Tu és o arco pelo qual teus filhos,

como flechas vivas, são projetados.

O Arqueiro vê o alvo no caminho do infinito,

e ele te dá sua força para que

suas flechas voem céreles para longe.



Que tua firmeza pela mão do arqueiro

seja para a alegria.

Pois assim como ele ama a flecha que voa,

ama o arco que permanece firme.





Khalil Gibran



ESTE SITE É RESPONSÁVEL PELO BRILHO DO MEU FLOG







bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.