25/11/06 - 11h:53mDenunciar











Ponto de vista







Cada ser tem o modo próprio de observar as coisas que se passam ao seu redor, dependendo do estágio evolutivo em que se encontra.



Andando pela rua uma senhora, já bastante calejada com as experiências amargas que a vida lhe proporcionou, parou encantada pela rara beleza do quadro a sua frente: o chão coberto de flores que se desprendiam das árvores plantadas ao longo da calçada, formando um tapete colorido e perfumado.



Então a senhora, reduzindo o passo pra melhor aproveitar esse momento, sussurrou uma prece de agradecimento ao Criador pela Sua bondade de forrar com flores o chão onde pisam pobres pecadores.



Seguiu seu caminho e ao retornar, passando pelo mesmo local, encontrou a moradora da casa, cuja calçada se encontrava coberta de flores. Esta, com uma vassoura na mão, e visivelmente irritada, dizia: - Vou cortar essas árvores! Olhe só que sujeira elas fazem na calçada!



De fato, alguns dias após, ao passar pela mesma calçada, a senhora notou que as árvores, que tão alegremente enfeitavam o caminho, haviam sido cortadas.



Algumas pessoas preferem pedras; outras flores. Tudo é uma questão de ponto de vista.









Mensagem publicada no Seara Espírita, edição nº 36 - de Novembro de 2001.







•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'
''::.•.::'''::.•



Para ter um flog com brilho,

Faça sua encomenda clicando aqui








MEUS POEMAS





•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'''::.•.::'
''::.•.::'''::.•





bebeth não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.