01/07/06 - 14h:06mDenunciar

Acidente de trânsito

Nessa manhã do dia 13 de maio de 2006 um jovem, conduzindo um voyage, atravessou um cruzamento aparentemente sem observar um ônibus que vinha em alta velocidade.

A alegação do motorista do ônibus estava certa, ele vinha na pista dele, que era a preferencial, era um cruzamento sem sinal e pelas marcas de freio dos pneus observava-se que ele estava na mão correta e que ainda freiou bem antes do impacto. O erro estaria no jovem que avançou um cruzamento sem olhar.

A alegação dos amigos do jovem era de que os ônibus sempre corriam muito e que o jovem sempre dirigia corretamente.

Enquanto o atendimento ao jovem ocoria OS amigos dele, radicalmente agitados, tentavam atacar O motorista do ônibus, que buscou no Corpo de Bombeiros proteção.



Quando chegamos no local, encontramos a vítima presa nas ferragens do voyage, já em parada cardíaca. O Oficial Médico conseguiu entrar no veículo, que estava tombado em cima do lado direito, e começou as tentativas de re-estabelecer os sinais vitais da vítima. Enquanto isso o Oficial comandante de socorro indicava o método que seria utilizado para abrir as ferragens e retirar o jovem de lá.

Após algo que eu acredito ter sido mais de uma hora de massagem cardíaca, ventilação e medicamentos venosos o Oficial médico reconheceu o óbito do jovem.

Se eu não me engano esse era o dia das mães, e tanto a mão quanto o pai do jovem foram até o local. Dar uma notícia dessas é uma coisa que realmente acaba com o dia de qualquer um.



E assim acabou a vida de um jovem.

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.