24/04/09 - 13:36Denunciar

*


Ganhei o teu afeto, não abdico!

Morada em meus braços, se a quer,

Terás e no momento em que a tiver,

Feliz, me deixarás com o teu: - fico!



Em versos de amor, tu és musa!

Aquela que me inspira, e muito quero;

A musa que ao meu estro me abusa,

De quem, a inspiração maior, espero.



Que traga à minha lira, a obra prima,

Que seja eu, enfim, um mor poeta,

Com a graça desse amor que me afeta.



Poeta, mostro em rimas minha estima,

O amor que ao coração, me incendeia,

Que faz a poesia vir-me à veia!


Manoel Virgílio

cassinhaa não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.