Blog

FAB adquire Mirage 2000B/C direto da França

por cmtecarvalho em 16/06/05 - 23h:46m

Em entrevista na Base Aérea de Brasília para ASAS, a TV Bandeirantes e a Folha de São Paulo, na noite de 5 de Junho, o vice-presidente e ministro da Defesa, José de Alencar, confirmou que o Brasil irá comprar caças Mirage 2000C/B dos estoques da Armée de l'Air (Força Aérea Francesa) numa negociação entre os governos do Brasil e da França.

Segundo fontes da FAB (Força Aérea Brasileira), o custo será de 60 milhões de Euros, para 10 caças Dassault Mirage 2000C (monoplaces) e dois Mirage 2000B (biplaces) - mas o valor e quantidade de aeronaves ainda podem ser alterados. Os jatos passaram por revisão completa, inclusive dos motores, e receberam as últimas modernizações da Armée de l'Air para o modelo.

Assim, a FAB não prevê nenhum trabalho de modernização a ser realizado no Brasil, como um upgrade no mesmo padrão do F-5EM. Estima-se que poderão operar com total eficiência por pelo menos 15 anos.

Os Mirage 2000C/B irão substituir os atuais Mirage III EBR/DBR do 1º GDA (Grupo de Defesa Aérea) da FAB.
Os Mirage 2000C/B serão armados com mísseis ar-ar de curto alcance Python 3 e Piranha, e já está em avançada negociação a aquisição do míssil ar-ar de alcance além do campo visual (BVR, Beyond Visual Range) Kentron R-Darter (uma arma de última geração apresentada em 2001), da África do Sul, que permitirá aproveitar ao máximo as capacidades do novo caça.

Fonte: Revista Asas Nº 25 (Jun/Jul 2005)


Observações pessoais: como um grande fã da série Mirage, não posso deixar de demonstrar grande satisfação pela aquisição de tais aeronaves. Ao mesmo tempo, a tristeza surge ao lembrar-me de que, realizando o meu sonho de tornar-me um caçador, muito provavelmente não terei mais a oportunidade de voar o legendário "Delta III" na Força Aérea Brasileira. Entretanto, certo de que não há limitações para os bons pilotos, apoio que, caso aceito pelo governo, mais aeronaves sejam compradas para ampliar o contingente de jaguares defendendo o território nacional a partir de sua base em Anápolis, Goiás. "À la chasse" e que os 2000 Bravo e Charlie sejam bem vindos e consigam suprir com sucesso a lacuna deixada pelo seu glorioso antecessor.

Observações pessoais II: realizei alguns cálculos tomando como base a atual taxa Euro/Real e o valor de 60 milhões de Euros mostrou-se equivalente a, aproximadamente, R$174.697.297,00 (cento e setenta e quatro milhões, seiscentos e noventa e sete mil e duzentos e noventa e sete Reais). Dividindo pelo número de aeronaves (12), temos cada Mirage 2000 pelo valor aproximado de R$14.558.108,00 (quatorze milhões, quinhentos e cinqüenta e oito mil e cento e oito Reais).



Ver todos