11/03/05 - 21h:48mDenunciar

*...os kra...rs*

yeahhh!!!

..

...aeee.....essa fotu awe...mostra uma parcela das moçoilas la da sala....hauhauhuaha....poww.....nada mais democratico doq aceitar esse pessoal q nun ten uma ideia formada a respeito do seu proprio sexo!!....mas eh isso ae..

...























....bom.....atenção para camisa do "centravante" do time (o primeiro, de la pra ka!!uahuahuaha)...time VIAGRA!!....

....Arthur (o centravante...kkk;...),



felipe (ATACANTEEEEE 1),



Léo (banderinhaa...hihihii..), e



Rodolfo (ATACANTEEEEEE 2 - MÓR - A RESSUREIÇÃO!!)

HAUHAUHAU....



...poww.....em relação ao ano passano, esse ano nós vamos estar pra cimaaaa!!!....com toda força aee....eh soh chamaa!!

:P

..







....pqp...naum soh nu esporte neh....soh ten zulo nessa sala..hauhauha....vamu jogar intaum!!..

....hauha..









....vo para por aki pq ninguem ta mais entendendooo!!

:P











ae....pra galera q se deu ben na prova passada, de quarta-fera, vamu estuda pq dia 16/03 ten a proxima



> História / Quimica Organica / Fisico-quimica

.HAUHAUHAU....









AEEEE...PRA QUEN GOSTO DA MUSICA DA AULA DE ESPANHOL HJ AE, TA ELA TRADUZIDA LOGO ABAIXOOO.....EU GOSTEEII!!.RSRS...

...eh trist...:/..rs





>MANÁ - EN EL MUELLE DE SAN BLÁS



>>No Cais de San Blas



Ela despediu-se do seu amor

Ele partiu em um barco no cais de San Blas

Ele juro que voltaria e enxarcada em pranto

Ela jurou que esperaria

Milhares de luas passaram

E sempre ela estava no cais esperando

Muitas tardes se aninharam

Se aninharam em seu cabelo e em seus lábios



Usava o mesmo vestido

E se ele voltasse não iria equivocar-se

Os caranguejos mordiam

Suas roupas, sua tristeza e sua ilusão

E o tempo se passou

E seus olhos se encheram de amanheceres

E pelo mar se apaixonou

E seu corpo se enraizou no cais



Sozinha, sozinha no esquecimento

Sozinha, sozinha com seu espírito

Sozinha, sozinha com seu amor o mar

Sozinha, no cais de San Blas



Seu cabelo se branqueou

Mas nenhum barco seu amor lhe devolvia

E no povoado lhe chamavam

Lhe chamavam a louca do cais de San Blas

E uma tarde de abril

Tentaram leva-la ao manicômio

Nada pode arrancá-la

E do mar nunca jamais a separaram



Sozinha, sozinha no esquecimento

Sozinha, sozinha com seu espírito

Sozinha, sozinha com seu amor o mar

Sozinha, no cais de San Blas



Sozinha, sozinha no esquecimento

Sozinha, sozinha com seu espírito

Sozinha, sozinha com o sol e o mar

Sozinha, sozinha no esquecimento

Sozinha, sozinha com seu espírito

Sozinha, sozinha com seu amor o mar

Sozinha, no cais de San Blas



Ficou, ficou, sozinha, sozinha

Ficou, ficou, com o sol e com o mar

Ficou nesse lugar, ficou, até o fim

Ficou nesse lugar, ficou, no cais de San Blas

Sozinha, sozinha ficou...





...

..pow..eh isso..

teh a proxima..

flw

;)!

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.