25/08/06 - 09h:21mDenunciar

Montagem que uma pessoal muito especial fez pra eu !!!

A historia, num é muito diferente de tantas outras que trazem como pano de fundo o sofrimento, não importa o país ou a língua que se fala, os sentimentos tem uma linguagem única. Era inverno e a noite caia rápida e fria, aquele homem desesperado caminhava triste e só, no peito... A dor da separação promovida pela perda de sua amada dilacerava - lhe as fibras mais sutis dos sentimentos, a prova amarga do adeus vencera-lhe, e ele que sonhava com a felicidade de um matrimonio feliz, e com um futuro adornado pela presença dos filhos, não passava agora de um trapo humano, solitário, as noites de insônia e os dias de angustias minaram-lhe as forças, faltava ao trabalho, e o chefe reto e ríspido, o ameaçava a despedir, a vida para ele não tinha mais sentido, _para que teimar em ficar vivo (pensava), sem confiança em Deus resolvera seguir o caminho de tantos outros anti a fatalidade, ia suicidar-se.

Paris a Cidade Luz, esta em volta num manto escuro da noite e um vento gelado açoitava sem piedade, seguiu a passos lentos pelas ruas desertas, e se deteve a um momento a contemplar o rio Senna. Talvez a correnteza o levasse dali e silenciasse em suas águas escuras e profundas, o seu pensamento aturdido, _ sim essa seria a solução (pensou), dirigiu-se como um autômato ate a ponte Marry, quase apagada pela a forte serração, e ao apanhar a mão direita na murada para atirar-se... Sentiu que um objeto molhado caiu ao seus pés, surpreendido, distinguiu um bilhete que o orvalho umedecerá, tomou o volume nas mãos e caminhou um tanto irritado, procurando a luz quase apagada de um poste vizinho e pode ler no frontispício.

Já nas primeiras linhas encontrou motivos para viver e lutar, suportar com resignação e coragem os reveses da vida, e refazer a esperança.

Leu o bilhete com dedicada atenção, as lagrimas lhe brotava com abundancia dos olhos, havia motivos pra viver, Deus o amava, a vida é patrimônio divino e não deve ser mal baratada, dispôs-se a prosseguir vivendo, os meses escoaram, e a situação se transformou...

hoje se envergonha de um dia pensar em tirar a propria vida...

hum....

NEM TIVE ESSE SONHO NÉ ...

HUAHUA MUITO CABULOZO, MUITO ESTRANHO..

PASSAR PRO PAPEL? NUSSA PIOR AINDA...

AMO QUE ME AMA, E QUEM ME ODEIA, NUM AMU MAS TAMBÉM NÃO ODEIO....

delal007 não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.