05/02/05 - 15h:01mDenunciar

Pensamentos...

Ok, me encontro em minha paranóia normal... na minha melancolia habitual ...e com a minha cara de bunda usual. Que posso eu fazer!?

Eu sou alguém ou 8 ou 8000. Não tenho meio termo... Ou me encontro numa felicidade extrema e infantil ou me encontro na cara usual de bunda com a melancolia, o stress e a paranóia, bla-bla-bla. Eu sou assim e além disso sou imprevisivel e de lua... então, me matem agora antes que seja tarde!!! -_-

(…) Sempre que tento aproximar-me de ti, é com horrendo terror... medo que invade meu ser e revira minhas entranhas! Não vou magoar-te, pelo menos não é o que desejo... recusaria-me a tal absurdo se fosse-me possível. Não vês que se te afastas para assim se revigorar, machuca-me por não perto estar. Mesmo que tu não queiras aceitar, és pedaço meu que causa espaço... marca ausência... causa dor! Dor insuportável... como pontas a perfurar minha carne... corpo humano ao qual estou presa! Tenho intenções...A melhor delas... Sabes que amo-te inconsequentemente... mas, amo como? Nem mesmo eu, dona de tais confusos sentimentos, sei exatamente que se passa comigo... Confesso que sinto ânsia em ver te, e que tua presença acalma-me também!... quando junto a ti me encontro sinto "o" algo que nos aborrece, "o" algo que nos encomoda, "o" algo que, por vez, ambos reparamos e que nos causa estranhas modificações de comportamento… que serás esta praga?! Será que tens a resposta? Tantas vezes surpreendo-me em busca de tal motivo… e nada! Mas mesmo tão perto encontramo-nos tão distantes. Por quê te modificas e te negas a aceitar tal acontecimento?... estranho estás... abre teus olhos, veja que não sou a única com pensamentos e atos errantes. Veja que por trás de todo meu egoísmo para contigo, há a saudade de como era antes e o amor e carinhho que por ti revelo... Não te vendes ao ponto de ignorar pequenos, porém muito significativos, de meus atos... se soubestes o que realmente significam, talvez não sofrestes tanto. São dos pequenos detalhes que brotam as grandes coisas. Porém, não digo que sei controlar-me, pois sempre o mesmo desespero invade meus insanos pensamentos sem limites! Negro buraco é apenas o que avisto. Será que pensas em mim? Tens certeza do que sentes? Nada na vida é uma certeza. O medo de ferimentos toma-me... domina-me por inteiro! Aprendi que nem mesmo a morte é absoluta certeza… Preocupo-me com o que ha por vir com certa anciosidade infantil!!! Anceio e receio pela surpresa... boa ou ruim... Quero respostas e descobertas... Não só as quero, também as necessito... não posso mais viver de tal maneira... Lágrimas que brotam em minha face e me fazem reviver meses, semanas, dias, horas e segundos passando rápida, lenta e confusamente perante meus olhos perdidos na imensidão que se torna meu quarto... algo tão grande para alguém meramente significante para o mundo como eu... complexo e triste... porém verdade! Espero que saibas que em minha vida tu es de gigantesco valor, posso tentar descrever... que de meu coração tu es dono de predominante parte, que em meus braços pode alojar-se quando sentir saudades... que de minhas lágrimas és motivo... que de meu riso es causador... que de minh´alma sempre será companheiro!!! Te Amo!!! Eteramente(...)









Hj eu to sem imaginação nenhuma...estou c tedio; entaum vai ter apenas esse texto...axu qele jah diz td...não preciso d mais nada por hj...

Esse texto foi feito a algumas semanas...e axu q ele demonstra mtas das coisas q as vezes naum conssigo demonstrar...para tds q me cercam...

Tds nós temos duvidas..medos...

Aki esta um poko do q sinto..e mt do q penso por horas a fio...





É issu..bjus a tds...

Tds vcs saum extramamente importantes p mim..e não gosto d ve-los tristes...D tristesas jah basta as q vejo tds os dias...contem sempre cmg p td...

bjoks..

deyse não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.