Blog

Morreu para nos Salvar

por diaconosergio em 14/11/12

E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam: Salvou os outros e a si mesmo não pode salvar-se (Mateus 27:41-42).

Na maioria das situações, não zombamos dos que estão morrendo. Mas quando o Homem Jesus Cristo, Filho de Deus, estava pendurado na cruz em terrível agonia, Ele foi alvo do desprezo da raça humana. Não eram apenas os soldados ou as pessoas comuns que O escarneciam. Os principais instigadores da multidão eram os mais altos líderes religiosos do povo. Eles haviam observado como Ele salvara várias pessoas, mas não estavam dispostos a admitir que o Senhor Jesus operara tais milagres pelo poder de Deus. Pelo contrário, eles atribuíram Seus feitos ao poder demoníaco (Mateus 12:24), porque se recusaram a reconhecê-Lo como o Enviado de Deus (o Messias).

Algumas horas antes, a tropa que havia sido designada para prendê-Lo caiu por terra quando o Senhor Jesus simplesmente disse: “Eu sou” (João 18:6). Agora pensavam que O tinham sob controle. Por que o Senhor Jesus não usou Seu poder na cruz?

A resposta é: Porque Ele desejava nos salvar de nossos pecados! Para cumprir esta missão, foi necessário que Ele, o Justo, suportasse não somente a zombaria humana, mas a ira de Deus por causa dos nossos pecados. Na cruz, Ele derramou Sua vida por nós, injustos. Sobre a base da obra da redenção, ainda hoje, ecoa o chamado para todos os que querem se libertar de sua culpa: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo” (Atos 16:31).

Todo dia em Paz

Ver todos