17/08/17 12:45Denunciar

DASSAULT MIRAGE IV:DE BOMBARDEIRO A RECONHECEDOR



BOA TARDE,TURMA!!QUE DEUS OS ABENÇOE E A TODOS OS SEUS FAMILIARES,AMIZADES E SEUS AMORES!!TENHAM TODOS UMA ÓTIMA QUinTA-FEIRA!!

O MIRAGE IV SURGIU DA NECESSIDADE DA FRANÇA TER UM BOMBARDEIRO PARA ATAQUES NUCLEARES, DURANTE OS TEMPOS DA GUERRA FRIA.COMO OS FRANCESES NÃO TINHAM DINHEIRO PARA PROGRAMAS CAROS COMO O AMERICANO BOEING B-52 STRATOFORTRESS E O SOVIÉTICO TUPOLEV TU-95 BEAR, A SOLUÇÃO FOI DESENVOLVER UM AVIÃO COM BASE NO BEM SUCEDIDO MIRAGE III. SURGIA ASSIM,O MIRAGE IV, QUE OPEROU DURANTE MUITOS ANOS COMO VETOR DE ATAQUE NUCLEAR DA FRANÇA ATÉ A SUA SUBSTITUIÇÃO PELO MIRAGE 2000N(N, DE NUCLEAIRE, QUE SIGNIFICA NUCLEAR EM FRANCÊS).ENTRETANTO,ELE CONTINUOU EM ATIVIDADE ATÉ 2006,COMO RECONHECEDOR ESTRATÉGICO, TENDO ATUADO NA GUERRA DOS BALCÃS E NO AFEGANISTÃO.

FOI O MAIS PESADO DOS MIRAGE E O MAIS VELOZ TAMBÉM.

SEM DÚVIDA,UM CLÁSSICO QUE MARCOU ÉPOCA!!

ESPERO QUE GOSTEM,TURMA.AMO VOCÊS!!

O Dassault Mirage IV era um avião militar supersônico, de fabricação francesa, existente em duas versões: bombardeiro e de reconhecimento. É uma aeronave de desenho externamente semelhante ao Mirage III, porém, em vez de um motor, utiliza dois, tem maiores envergadura e peso[1].
[editar]História

No início da década de 1950, o governo da França optou por desenvolver um bombardeiro, supersônico, capaz de transportar inclusive armas nucleares. Em 20 de março de 1957, o governo francês firmou acordo com a Dassault Aviation para início da construção dos primeiros exemplares.
Em 17 de junho de 1959 o Mirage IV fez seu primeiro vôo, foram fabricadas 52 unidades em série, entre os anos de 1963 e 1968. A primeira entrada em serviço ocorreu no dia 1 de outubro de 1964. Foram construidas duas variantes, bombardeiro e de reconhecimento. Em 1996 foram aposentados todos os bombardeiros, em 2005, os de reconhecimento[2].


O Dassault Mirage IV era um avião militar supersônico, de fabricação francesa, existente em duas versões: bombardeiro e de reconhecimento. É uma aeronave de desenho externamente semelhante ao Mirage III, porém, em vez de um motor, utiliza dois, tem maiores envergadura e peso[1].

Índice [esconder]
1 História
2 Operadores Principais
3 Especificações
3.1 Caracteristicas Gerais
3.2 Performance
3.3 Armamento
3.4 Eletrônica
3.5 Autodefesa
3.6 Outros
4 Referências
História[editar | editar código-fonte]
No início da década de 1950, o governo da França optou por desenvolver um bombardeiro, supersônico, capaz de transportar inclusive armas nucleares. Em 20 de março de 1957, o governo francês firmou acordo com a Dassault Aviation para início da construção dos primeiros exemplares.

Em 17 de junho de 1959 o Mirage IV fez seu primeiro voo. Foram fabricadas 52 unidades em série, entre os anos de 1963 e 1968. A primeira entrada em serviço ocorreu no dia 1 de outubro de 1964. Foram construídas duas variantes, bombardeiro e de reconhecimento. Em 1996 foram aposentados todos os bombardeiros, em 2005, os de reconhecimento[2].

Operadores Principais[editar | editar código-fonte]
França: a Armée d'lAir operou 62 aeronaves em varios esquadrões de bombardeamento estrategico e recconhecimento.
Especificações[editar | editar código-fonte]
Caracteristicas Gerais[editar | editar código-fonte]
Tripulação: Dois (piloto e bombardeador/navegador)
Comprimento: 23.49 m
Envergadura: 11.85 m
Altura: 5.40 m
Area da asa: 78.00 m²
Peso vazio: 14.500 kg
Peso carregado: 31.600 kg
Peso maximo de decolagem: 33.475 kg
Motores: dois turbojatos SNECMA Atar 9K-50
Empuxo seco: 11.023 lb/f (cada turbina)
Empuxo com pós-queimador: 15.873 lb/f (cada turbina)
Performance[editar | editar código-fonte]
Velocidade Maxima: 2.340 km/h (Mach 2.2) a 13.125m
Alcance belico: 1.240 km
Alcance de traslado: 4.000 km
Teto de serviço: 20.000 m

Armamento[editar | editar código-fonte]

Bombas:
1x bomba nuclear AN-11 de 60 kT ou;
1x bomba nuclear AN-22 de 70 kT ou;
1 míssil de cruzeiro de médio alcance MATRA ASMP, com ogiva nuclear ou convencional, ou;
16x bombas de queda livre, proposito geral de 454kg (1.000lb)

Eletrônica[editar | editar código-fonte]
Radar de navegação Thomson-CSF
Radar de navegação Thomson-CSF ARCANA (após 1986)
RWR Thomson-CSF Type-BF
RWR Thomson-CSF SERVAL (após a modificação para o padrão Mirage IVP, em 1983)
Sistema de Guerra Eletrônica Thomson-CSF Barracuda
Pod de reconhecimento estrategico CT-52
Autodefesa[editar | editar código-fonte]
Lançadores de Chaff/Flare Alkan F1A e Matra-Philips PHIMAT (montados nas asas)
Lançadores de Chaff/Flare Thomson-CSF/Bofors BOZ e Thales BARAX-NG (após a modificação para o padrão Mirage IVP, em 1983)
Outros[editar | editar código-fonte]
2x assentos ejetores Martin-Baker Mk.4

Comentários (5)

povodemg
1. povodemg 17/08/17 13:06

anninhasol
2. anninhasol 17/08/17 13:41

Boa tarde!

povodemg
3. povodemg 17/08/17 14:45

verluci
4. verluci 17/08/17 18:00

Obrigada Gustavo. Fico feliz por saber
que você leu e gostou. Obrigada!
Tenha uma bela noite!

belasmensagens
5. belasmensagens 17/08/17 18:14

Apenas quem tem uma conta no Flogão pode comentar.

Crie sua conta gratuita no Flogão!