06/05/10 - 18:34Denunciar

Mc Donalds



McDonald's é uma empresa responsável por uma rede internacional de lanchonetes, cuja atividade é conhecida como fast food, sendo a maior rede do mundo na área citada. A expressão também se refere à marca desta empresa, a qual a transcende e revela-se inserida na cultura de massas contemporânea. A rede foi fundada em abril de 1955, em Illinois, nos Estados Unidos. Atualmente ela vende cerca de 190 hambúrgueres por segundo no mundo, sendo que uma nova loja é inaugurada a cada dez horas. Entre 1955 e 1993, as suas 14 mil lojas venderam 80 bilhões de sanduíches. Juntamente de marcas como Coca-Cola o McDonald's é considerado um dos mais disseminados símbolos do capitalismo internacional. Seu produto mais famoso é o sanduíche conhecido como Big Mac. A marca McDonald's existe em mais de 120 países. Mais de 30.000 lojas ao redor do mundo servem quase 50 milhões de clientes a cada dia.[4] Mais de 70% dos restaurantes McDonald's são propriedade de empresários locais e são operados pelos mesmos. Além disso a empresa opera outras marcas de restaurantes e lanchonetes ao redor do mundo como a Aroma Café, Boston Market, Chipotle Mexican Grill, e tem uma pequena parte na Pret a Manger. Até Dezembro de 2003 também era dona do Donatos Pizza. As vendas em 2004 foram de US$19,1 bilhões, com lucro líquido de US$2,75 bilhões. Também possuía uma subsdiária, a Redbox, que em 2003 começou como uma loja de conveniência automatizada de 5,5 metros, mas a partir de 2005 concentrou-se em máquinas de aluguel de DVD's. A maior parte dos restaurantes McDonald's oferecem ambos os serviços de balcão e Drive-Thru, com mesas em espaço coberto e algumas vezes ao ar livre. O Drive-Thru, Auto-Mac, ou McDrive como é conhecido em alguns países, frequentemente tem cabines separadas para pedir, pagar e pegar os produtos. Em alguns países os "McDrive" perto de auto-estradas não oferecem serviço de balcão ou mesas. Pelo contrário, lugares com alta densidade populacional frequentemente não tem o serviço de Drive-Thru. Também há alguns restaurantes, localizados a maioria em regiões comerciais que oferecem o serviço de Walk-Thru no lugar do Drive-Thru. Restaurantes temáticos também existem, como os restaurantes "Rock-and-Roll McDonald's" 1950 e o restaurante Mc Movie, em Porto Alegre, no Brasil. Alguns McDonald's em áreas suburbanas e certas cidades têm grandes playgrounds fechados ou ao ar livre, chamados "McDonald's PlayPlace'" ou "Playland". Este foram criados principalmente na década de 70 e 80 nos Estados Unidos e mais tarde, internacionalmente. O modelo de negócio da McDonald's Corporation é um pouco diferente da maioria das outras cadeias de fast-food. Além das taxas normais de franquia, recursos, e porcentagem das vendas, McDonald's também recebe aluguel, parcialmente ligado às vendas. Como uma condição do acordo de franquia, a corporação é dona da propriedade nas quais a maioria das franquias se instalam. No entanto, no Reino Unido o modelo não é de tanta concorrência como o modelo global, e menos de 30% dos restaurantes são da franquia e a maioria é de propriedade da companhia. O McDonald's treina seus franquiados e outros na Hamburger University em Oak Brook, Illinois. De acordo com o Fast Food Nation de Eric Schlosser (2001), cerca de um em cada oito trabalhadores nos Estados Unidos foi, em algum momento, empregado pelo McDonald's. O livro também afirma que o McDonald's é o maior operador privado de playgrounds nos Estados Unidos, assim como o maior comprador de carne bovina, carne de porco, batatas e maçãs. Na Índia os lanches são feitos somente com vegetais, visto que neste país a vaca é considerada um animal sagrado. Outra razão para o McDonald's ser símbolo de popularidade mundial, é que já patrocinou (e ainda patrocina) entre outros eventos, a Copa do Mundo FIFA, que distribui brindes oficiais em parceria com outro patrocinador de grande escala, a Coca Cola, distribuidora de suas bebidas na maioria das lojas.


História:
• 1937: Os irmãos Dick e Mac McDonald abrem uma barraca de cachorro-quente chamada Airdome em Arcadia, Califórnia.
• 1940: Os irmãos mudam a barraca Airdome para San Bernardino, também na Califórnia, onde eles abrem um restaurante McDonald´s na Rota 66, em 15 de Maio. O cardápio se baseava em 25 itens, a maioria deles churrasco. O primeiro hamburguer McDonald´s custou US$0,15 e como era comum na época, contrataram 20 carhops; garçons que em cima de patins, entregavam o pedido do cliente no carro. Isso se tornou popular e muito lucrativo.
• 1948: Depois de notar que a maioria do dinheiro que eles ganhavam vinham dos hambúrgeres, os irmãos fecharam o restaurante por diversos meses para criar e implantar um inovador Sistema de Serviço Rápido, uma espécie de montagem em série para os hamburgers. Então os carhops perderam seus empregos. Quando o restaurante foi re-aberto ele passa a vender somente hamburgers, milk-shakes e batatas fritas, se tornando um extremo sucesso, cuja fama é espalhada de boca a boca.
• 1953: Os irmãos McDonald começaram a criar franquias de seus restaurantes, com Neil Fox abrindo a primeira franquia e o segundo restaurante foi aberto em Phoenix, Arizona. Foi o primeiro a usar o estilo baseado nos Arcos de Ouro. No mesmo ano, o restaurante original foi reconstruído baseado nesse estilo. Ainda em 1953, o quarto restaurante foi aberto em Downey na Califórnia, na esquina da Lakewood com Florence Avenue, onde funciona até hoje, sendo o mais velho restaurante em funcionamento.
• 1954: O empreendedor e vendedor de máquinas de agitar milkshake Ray Kroc fica fascinado com o restaurante McDonald's durante uma visita e descobre sua extraordinária capacidade e popularidade. (Outros que visitaram e acabaram se inspirando na idéia do McDonald's foram James McLamore, fundador da marca rival Burger King e Glen Bell, fundador do restaurante Taco Bell.) Depois de ver o restaurante em operação, Kroc propôs aos irmãos McDonald, que já vendiam franquias, a vendê-las fora da localização original da empresa (Califórnia e Arizona), sendo dele próprio a primeira franquia. Kroc trabalhou muito para vender a marca McDonald's. Ele tentou até mesmo se impor em sua amizade dos tempos de guerra com Walt Disney na esperança de abrir um McDonald's na Disneylandia, que estava prestes a ser inaugurada. Mas seu projeto fracassou.
• 1955: Ray Kroc contrata Harry J. Sonneborn como Gerente de Finanças para o McDonald's. Harry Sonneborn iria se tornar uma influência importante na corporação até que se demitiu em 1967.
• 1955: Ray Kroc funda o "McDonald's Systems, Inc." no dia 2 de Março, uma estrutura legalizada para suas planejadas franquias. E ainda abre, em 15 de Abril, no subúrbio de Chicago, em Des Plaines, Illinois, o nono restaraurante da marca. Somente no primeiro dia, o total de vendas é de $366.12. A literatura da companhia costuma se referir a essa data como o "início" da empresa, que já tinha quinze anos, tirando os irmãos McDonalds da história dando maior valor ao "fundador" Kroc. A empresa ainda chama a este restaurante de McDonalds "número 1".
• Começo da década de 60: Uma das idéias de marketing de Kroc é sua decisão de vender hambúrgueres do McDonald's para famílias e crianças. Uma franquia em Washington, D.C. patrocina um show infantil chamado Bozo's Circus (Circo do Bozo). Bozo era um personagem franquiado, interpretado (em Los Angeles) por Willard Scott. Depois que o show foi cancelado, Goldstein contrata Scott para interpretar o novo mascote do McDonald's, "Ronald McDonald", nos três primeiros comerciais de televisão o personagem era destacado. Ronald McDonald acaba se espalhando para o resto do país por meio de uma campanha de marketing, mas mais tarde decide-se que Scott e sua versão original da fantasia não são adequadas para o papel. Um elenco completo de personagens da "McDonaldland" (McDonaldlândia) é desenvolvido.
• 1960: Kroc muda o nome de sua empresa para McDonald's Corporation.
• 1961: Os irmãos McDonald concordam em vender a Kroc os direitos da sua companhia por US$ 2,7 milhões, uma soma que Kroc conseguiu com empréstimos de vários investidores (incluindo a Universidade de Princeton). Achando a soma extremamente alta, Kroc resolve cortar relações com os irmãos McDonald. O acordo permitia aos irmãos manter seu restaurante original, mas por um descuido, eles não conseguem reter o direito de continuar com sua franquia do McDonald's. Foi rebatizado com o nome d "The Big M" ("O Grande M"), mas Kroc levou-o à falência, construindo um McDonald's a apenas uma quadra ao norte. Se os irmãos tivessem mantido o acordo original, que os dava direito a 0.5% da receita bruta anual da cadeia, eles e seus herdeiros estariam ganhando mais de US$ 100 milhões hoje em dia.
• 1963: O Filé de peixe é introduzido na cidade de Cincinnati, Ohio, num restaurante localizado numa vizinhança dominada por católicos, que não comiam carne nas sextas-feiras. Foi a primeira adição ao menu original, e foi levada a nível nacional no ano seguinte, com o peixe sendo provido por Gorton's of Gloucester.
• 1967: É aberto o primeiro restaurante da marca fora dos Estados Unidos, em Richmond, British Columbia, no Canadá.
• 1967: O design atual dos restaurantes da cadeia, com mansardas e mesas do lado de dentro do resturante é introduzido.
• 1968: O Big Mac, similar ao hamburger Big Boy, do restaurante de mesmo nome, e a Torta de Maça quente são introduzidos no cardápio.
• 1970: Tendo mudado de mãos em 1968, o resturante "Big M" original fecha. Foi demolido dois anos mais tarde, sendo que apenas uma parte do letreiro ficou de pé. Essa parte, desde então, tem sido restaurada.
• 1971: É aberto em Julho no distrito de Ginza em Tóquio no Japão, o primeiro McDonald´s da Ásia.
• 1971: Em 21 de Agosto, é aberto o primeiro restaurante europeu da marca, em Zaandam, próximo a Amsterdã, nos Países Baixos.
• 1971: Em Dezembro, é aberto o primeiro restaurante na Alemanha, na cidade de Munique. Foi o primeiro McDonald's a vender bebida alcoólica,cerveja. Os outros países europeus logo seguiram no começo da década de 1970.
• 1971: É aberto em dezembro no subúrbio de Yagoona em Sydney, o primeiro restaurante australiano.
• 1973: O Quarterão com Queijo é introduzido no cardápio.
• 1974: Em 12 de Outubro, é aberto o primeiro McDonald's do Reino Unido. Em Woolwich, a sudeste de Londres. Foi o 3000º restaurante da empresa.
• 1975: O sistema Drive-Thru é implantado em Janeiro na cidade de Sierra Vista, Arizona. Mais tarde ficou conhecido por "McDrive" ou "AutoMac" em alguns países.
• 1976: É aberto, em Porirua, o primeiro restaurante da Nova Zelândia.
• 1979: É inaugurado o primeiro restaurante da América do Sul, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. A unidade, localizada na Rua Hilário de Gouveia, em Copacabana, ainda está em funcionamento.
• 1979: O McLanche Feliz, ou, "Happy Meal" entra no cardápio nos Estados Unidos.
• 1979: É inaugurado o primeiro restaurante da França, na cidade de Estrasburgo.
• 1980: O McDonald's introduz o McChicken, o primeiro sanduíche feito de carne de frango. Sem sucesso, foi retirado do cardápio, e mais tarde relançado após o sucesso do McNuggets.
• 1982: É inaugurado o primeiro restaurante no Brasil
• 1983: É introduzido no cardápio o McNuggets.
• 1984: No dia 16 de Julho, James Oliver Huberty ataca um restaurante do Mc Donald's com uma arma, matando 21 pessoas em San Ysidro, California no chamado massacre do McDonald's.
• 1984: A companhia se torna um dos principais patrocinadores dos Jogos Olímpicos de 1984. Os resturantes nos Estados Unidos perdem dinheiro com a promoção "When America Wins, You Win" ("Quando a América Ganha, Você Ganha") após a União Soviética ter boicotado os jogos, o que resultou num grande número de medalhas ganhas pelo país e no maior prejúizo histórico da rede.
• 1986: O McDonald's abre sua primeira franquia na Itália, na capital Roma. Para combinar com a paisagem histórica perto dos degraus da Piazza di Spagna, ganha uma fachada menos chamativa e define novos padrões para decoração interna.
• 1988: O McDonald's abre seus primeiros restaurantes em países comunista. Em Gyor, na Hungriae emBelgrado, na então Iugoslávia.
• 1990: Em 31 de Janeiro, o primeiro McDonald's da União Soviética abre em Moscou. Foi durante algum tempo o maior McDonald's do mundo (hoje o maior fica em Pequim). Por motivos políticos, o McDonald's Canadá foi o responsável independentemente, com pouco apoio da matriz norte-americana; uma das paredes no resturante moscovita mostra juntas as bandeiras canadense e soviética. Para superar problemas de abastecimento, a empresa criou sua própria cadeia de fornecedores, inclusive fazendas da então União Soviética.
• 1991: É inaugurado o primeiro restaurante em Portugal. No Cascaishopping no dia 23 de Maio.
• 1992: Em 23 de Abril, o maior restaurante McDonald's do mundo até os dias atuais é inaugurando em Pequim, capital da China (mais de 700 assentos).
• 1994: É inaugurado o primeiro McDonald's na África. Na cidade do Cairo, Egito.
• 1996: O primeiro McDonald's indiano abre.
• 1996: O primeiro McDonald's abre na Belarus, que se torna o centésimo país a receber uma franquia. Na cerimônia de abertura, a milícia bielorussa é acusada de uso brutal da força contra membros do público que queriam entrar no restaurante em Minsk.
• 1998: Em Portugal é aberto um restaurante no Parque das Nações, local onde se realizou a EXPO 98. A essa altura era o maior da Europa.
• 2000: Eric Schlosser publica Fast Food Nation (Nação Fast-Food), um livro que critica os restaurantes fast-food em geral, particularmente McDonald's.
• 2004: O diretor de cinema Morgan Spurlock cria e protagoniza o documentário Super Size Me (ler em "Críticas").
• 2007: Uma explosão numa lanchonete da rede de fast-food McDonald's em São Petersburgo, na Rússia, deixou pelo menos seis mortos, incluindo duas crianças.


No Brasil, o McDonald's instalou-se primeiramente em 13 de fevereiro de 1979, na Rua Hilário de Gouveia, em Copacabana, no Rio de Janeiro, e dois anos depois na Avenida Paulista, em São Paulo. Em 2005, as vendas de Big Mac ultrapassaram 53 milhões de unidades. A rede tem mais de 1.100 pontos-de-venda no País, entre restaurantes, quiosques e McCafés e está presente em 22 Estados, além do Distrito Federal. São mais de 560 restaurantes e quase 600 quiosques, além de mais de 50 McCafés, por onde passam cerca de 1,5 milhão de clientes por dia. O McDonald's é um dos maiores empregadores do Brasil, com 34 mil funcionários. Foi eleita pelo Great Place to Work Institute (GPTW) como uma das cem melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Em Portugal, o primeiro McDonald's foi aberto em 23 de Maio de 1991 no Cascaishopping e no ano seguinte o primeiro McDrive, no restaurante de Setúbal. Em 1995, foi introduzido o McCafé no restaurante Imperial no Porto. Em 1998 foi aberto um restaurante no Parque das nações, local onde se realizou a EXPO 98, e na altura era o maior da Europa. No final de 2002 já havia 110 restaurantes e 51 franchisados. Em 2004, o McDonald's foi patrocinador oficial do Euro 2004.

Críticas
O McDonald's tem sido alvo de muitas críticas ao longo dos anos. Entre várias delas, alega-se que:
• A produção de seus produtos causa danos ecológicos, o excesso de embalagens descartáveis e as grandes áreas de pastagens podem incluir-se entre os fatores de dano ecológico.
• É o maior representante do fast-food, hábito de consumo que está entre as causas do grave problema da obesidade, principalmente nos EUA.
• Sendo um modelo de empresa do capitalismo, é duramente críticado pelos que defendem outro sistema.
• Ainda relacionado ao modo de produção capitalista, critica-se à rede por contratar funcionários dentre as classes sociais mais modestas (que geralmente têm menores poderes na negociação de salários), sem qualificação ou experiência e oferecer a estes salários muito abaixo dos padrões. Outra crítica é ao regime muito duro de trabalho imposto aos seus funcionários, geralmente adolescentes ou pré-adolescentes. Daí originam-se as expressões McJob (popular em países de Língua Inglesa para se referir aos empregos de baixo padrão remuneratório) e Mc Escravo (popular no Brasil para se referir a atendentes de Fast Food em geral e do Mc Donalds em particular).
• O filme Super Size Me, um documentário onde um homem come durante um mês apenas produtos do McDonald's, sofrendo graves prejuízos a sua saúde, é bastante crítico em relação ao fast-food em geral, e ao McDonalds em especial.
• Uma cobra foi encontrada em uma piscina de bolas em um McDonald´s de São Luís (Maranhão).



A McDonaldização da sociedade (em inglês: “« McDonaldization”) é um termo empregado pelo sociólogo estadunidense George Ritzer no seu livro McDonaldization of Society (1995) para designar um fenômeno complexo.
O autor descreve esse processo como o da assunção pela sociedade das características de um restaurante de comida rápida (em inglês: “fast food”).
A McDonaldização é uma reelaboração do conceito de racionalidade. De fato, observa-se um deslocamento daquilo que é tradicional para outros modos ditos razoáveis de pensar e da administração científica. Lá onde Max Weber referenciara ao modelo de burocracia para representar a orientação dessa sociedade em transformação, Ritzer vê o “fast-food” como tendo se tornado o paradigma da representação contemporânea (Ritzer, 2004:553).
Ritzer destacou quatro componentes fundamentais da McDonaldização:
• Eficiência (« Efficiency”): encontrar o método mais eficaz para cumprir uma tarefa;
• Quantificação (« Calculability »): o objetivo deve ser muito mais quantificável (a exemplo das vendas) do que qualitativo-subjetivo (como o gosto);
• Previsibilidade (« Predictability »): os serviços devem ser padronizados, normalizados;
• Controle: os empregados devem ser padronizados, normalizados, e, tanto quanto possível, substituídos por tecnologias não-humanas.
Com esses quatro processos, essa estratégia aparentemente razoável, segundo esse ponto de vista, pode alcançar resultados nocivos ou irracionais.
O processo de McDonaldização pode ser recaptulado desse modo:
“Os princípios do fast-food tendem a dominar cada vez mais os vários setores da sociedade americana, bem como das sociedades de outros países” (Ritzer, 1993:1)
Em publicações posteriores, Ritzer conceituou um processo cultural o qual nomeou “De-McDonaldização” como reação a McDonaldização. Exemplo desse fenômeno poderia ser percebido quando estádios de base-ball passaram a utilizar dispositivos nostálgicos em suas instalações.
Em outro sentido, mais restrito, a McDonaldização pode referenciar a substituição dos restaurantes tradicionais por aqueles do McDonald.
Medidas sugeridas por Ritzer para combater a McDonaldização:
• Evitar a rotina do cotidiano tanto quanto possível. Tentar fazer tantas coisas possíveis de um modo diferente a cada dia;
• Da próxima vez que você tiver uma emergência médica ou dentária, resista à tentação de consultar um “McDoctor” ou um “McDentis”; prefira um médico ou dentista da vizinhança, de preferência que trabalhe sozinho;
• Da próxima vez que você precisar de um par de óculos, vá à ótica local em vez de procurar os grandes centros óticos, frequentemente nos “shoppings”;
• Evite as grandes redes de cabeleireiros, prefira um cabeleireiro local;
• Utilize preferencialmente dinheiro, em vez de cartões de crédito ou débito;
• Retorno ao posto de correio todas as mensagens publicitárias, particularmente aqueles que foram endereçadas “ao ocupante” ou “ao residente”;
• Da próxima vez que você receber uma ligação comercial, coloque o telefone de lado e deixe aquela voz etérea falando sozinha; durante esse período algumas pessoas deixarão de ser contatadas;
• Não compre produtos artificiais como novos tipos de doces ou salgados;
• Procure restaurantes que utilizem utensílios de porcelana e metal, e evite aqueles que usam materiais plásticos, que prejudicam o meio ambiente;
• Organize grupos para protestar contra os abusos dos “sistemas McDonaldizados”; como vimos, esses sistemas merecem tais protestos; se você trabalha num desses sistemas, organize com seus colegas modos para tornar suas condições de trabalho mais humanizadas;
• Evite tanto quanto possível as comidas padrão (como em “Peça pelo número!”);
• Não faça seus passeios em um parque artificial de um condomínio fechado, prefira os parques públicos;
• É importante ficarmos atentos às tentativas de McDonaldização das crianças;
• Em vez de levar seu filho a um “McChild Care”, deixe-o com um vizinho que esteja interessado em uma grana extra;
• Mantenha seus filhos longe da televisão e de anúncios publicitários tanto quanto possível! Envolva-o em outras atividades mais interessantes;
• Lute para manter a McDonaldização longe dos sistemas escolares (o que está cada vez mais difícil no Brasil).


Ronald McDonald
Mágico e malabarista, Ronald McDonald é o personagem símbolo do MCDONALD’S e um velho conhecido das crianças de todos os países onde a marca está presente, promovendo a rede em 25 línguas diferentes ao redor do mundo. A história começou em 1960, quando um franqueado da rede em Washington D.C., decidiu promover sua unidade com um anúncio de televisão, veículo ainda pouco utilizado para promover restaurantes. Nessa época, ainda não havia um plano nacional de marketing para a marca MCDONALD’S e cada franquia local estabelecia os critérios com os quais gostaria de atrair o seu público. Os shows infantis, naquela época, estavam entre os programas com maior audiência, especialmente “O Circo do Bozo”, transmitido por um canal em Washington, filiado à rede de televisão NBC. O franqueado do MCDONALD’S tornou-se um dos patrocinadores do programa, vislumbrando nele o veículo pelo qual poderia atingir o seu público-alvo: as crianças. Assim, o MCDONALD’S começou a aparecer na televisão através do palhaço Bozo, que anunciava os seus produtos de uma forma nada sutil: induzindo diretamente às crianças a pedir ao papai e à mamãe para levá-las ao MCDONALD’S. O palhaço fez tanto sucesso que passou a ser convidado a participar da inauguração dos novos restaurantes MCDONALD’S em Washington, levando sempre à formação de filas enormes em frente aos estabelecimentos. Porém, em 1963, a emissora retirou o programa do ar, alegando queda de audiência, e o franqueado perdeu aquele que se tornara seu grande porta-voz junto às crianças. Sem poder produzir sozinho o programa, o proprietário da loja em Washington decidiu criar um palhaço próprio e colocá-lo em propagandas televisivas, usando o mesmo ator que havia personificado o palhaço Bozo, William Scott. Naquela época, o visual do palhaço era modelado por produtos do próprio MCDONALD’S: o chapéu era uma bandeja com um hambúrguer de isopor, um saquinho de batata frita e um milk-shake; os sapatos tinham a forma de pãezinhos; o nariz era feito de um copo do MCDONALD’S; e o cinto era um hambúrguer de isopor. No vídeo o palhaço retirava, como em um passe de mágica, hambúrgueres do cinto. O nome Ronald surgiu por acaso: simplesmente rimava com McDonald. Sua primeira aparição televisiva foi em 1963. Mas o palhaço só veio a ser adotado nacionalmente pela empresa em uma situação emergencial. Em 1965, o MCDONALD’S se viu diante da grande oportunidade em participar da tradicional Parada Macy’s do “Dia de Ação de Graças”, comemorado em 25 de novembro, na cidade de Nova York – uma data especial para os americanos. Foi aí que a empresa fez sua primeira compra, nacional, de mídia televisiva. Mas, quando essa oportunidade apareceu, faltavam apenas algumas semanas para o evento, forçando a empresa à adotar os comerciais que a agência publicitária D’Arcy havia produzido um ano antes para os franqueados locais, que destacavam o palhaço Ronald McDonald. A aparência física de Ronald também foi modificada pela agência publicitária, tirando-lhe aquela roupagem extremamente comercial, com os produtos do MCDONALD’S, e lhe dando características de um verdadeiro palhaço. Com Ronald, as propagandas veiculadas pela D’Arcy se transformaram na primeira campanha nacional da empresa, cujo tema foi “O McDonald’s é o seu lugar”, enfatizando o restaurante como um espaço de diversão, e não apenas um lugar para se comer hambúrguer. E foi assim que, desde 1965, o palhaço tornou-se nacional – posteriormente internacional – o símbolo vivo do MCDONALD’S. Somente em 1967, o MCDONALD’S nomeou-o “embaixador oficial” junto às crianças. Em 1971, Ronald ganhou uma turma de amigos, que viviam na cidade de McDonaldland (A terra do McDonald), composta por Hamburglar, Grimace, Mayor McCheese, Captain Crook, Professor e Birdie, esta última introduzida em 1980. Eles se tornaram um chamariz de lucros para a rede de alimentação.

Comentários (1)

thenormas
1. thenormas 6/05/10 18:52

ATRAVÉS DO ALCHOOL AS PESSOAS CRIAM MAIS CORAGEM DE SE REVELAR. CONFIRMEM ISSO INDO NO FLOG DO tHe NoRmAs!! :p

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.