31/08/06 - 13h:41mDenunciar

um dos fds em sao luis...pra recordar!!!! =) LEIAM O POST!!

Maranhão





Terça, 22 de agosto de 2006, 22h54 Atualizada às 11h09

Jackson Lago apresenta diretrizes de governo





Patrícia Santiago

Direto de São Luís



Últimas de Maranhão



» TRE-MA proíbe folhetos com fotos de Roseana Sarney

» MA: Aderson Lago pede investigação contra Roseana





A saída para o Maranhão depende da participação popular, sem ela não há democracia possível. É o que defende Jackson Lago (PDT), candidato ao governo estadual pela Frente de Libertação do Maranhão.

O ex-prefeito de São Luís, que está em segundo lugar nas intenções de votos, apresentou hoje as diretrizes de seu plano de governo em um catálogo que pode transformar-se em tópicos a serem discutidos com a população.



Dessa forma ele espera contar com as sugestões dos moradores e incorporá-las ao seu programa de governo, que tem como principais diretrizes: democracia, educação, cultura, solidariedade, produção, empreendedorismo, meio-ambiente, inclusão digital, malha viária, turismo, segurança e saúde. Jackson Lago destacou ainda que pretende melhorar o funcionamento da administração pública: "Sem serviço público eficiente a iniciativa privada não tem como florescer". Para o candidato educação e saúde devem estar relacionados."A saúde começa pela boca, o governo tem que investir em nutrição e instrução sobre uma alimentação saudável", explicou.



Segundo a assessoria de imprensa de Lago esse plano de gestão resume o compromisso do candidato com o Maranhão: "Em lugar da modernização conservadora e excludente, projeto político que impera no Maranhão e o paralisa faz 40 anos idealizamos a Frente de Libertação do Maranhão, um projeto político alternativo de cunho profundamente democrático e popular, capaz de empolgar e mobilizar o Estado para uma nova era de desenvolvimento, inclusão social e prosperidade", disse Lago.



O candidato também destacou que o Porto do Itaqui é um instrumento importante no processo de desenvolvimento econômico do Maranhão e que não deve ser usado somente pela Companhia Vale do Rio Doce.



Ainda segundo a assessoria de imprensa do candidato, investigar a dívida contraída pelo Estado durante os governos de Roseana Sarney é outro compromisso assumido por Jackson Lago. "Vou contratar uma empresa de credibilidade para averiguar como o Estado contraiu uma dívida de R$ 6 bilhões", prometeu o candidato.





Redação Terra



heldma não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.