13/07/06 - 23h:56mDenunciar

aCHo Que eRa JuLHo De 97...



Hoje é meu ANIVERSÁRIO DE SHOW...

Acho que gosto tanto de lembrar aquele dia que sou capaz de narrar cada detalhezinho... Tudo tão vivo ainda em minha memória...

Foi há 9 (nove!!!!) anos... um domingo de sol... 4 da tarde... na Pracinha da Encol... dia 13 de julho de 1997... e eu nem sabia ainda que já era "pra sempre"... que, iNCoNDiCioNaLMeNTe, eu estaria sempre, sempre, sempre, sempre naquele, que se descobria MEU, LUGAR.

O meu primeiro show do NeNHuM De NóS não foi fácil de acontecer. Tive muitos "não!!!" antes. Muitas "matas fechadas" para trilhar um caminho. Muitos "dragões" para matar... Muitas madrugadas sonhando, sonhando...

Mas quando, finalmente, O DIA chegou, o vivi intensamente, tão intensamente que o vivo até hoje. Em cada novo show que assisto derramo ainda um melzinho de entusiasmo daquela tarde INESQUECÍVEL. Depois dalí meus passos nunca mais me levaram pelos mesmos caminhos. Ou, EU que nunca mais enxerguei os caminhos da mesma forma. Foi o meu "renascimento"! Senti pela primeira vez alguma coisa, a qual nunca pude definir. Mas que eu jamais deixara de sentir... por todos os dias que se seguiram e ainda seguem...

Tanto que aprendi... lições que de outra forma não teriam mudado nada na minha vida. Mas, vindas desse "sonho" transformaram o meu calendário numa espécie de CARROCEL. Todo colorido, com música e a minha maior diversão. Para onde, hoje, eu olho e não vejo números. Vejo os registros mais IMPORTANTES da minha HISTÓRIA REAL. E onde marco novos traços e esperanças...

Tantos amigos... conheci gente e lugares diferentes do que eu imaginava ver.

O que mais me impressiona e ENCANTA é o fato de - de verdade - continuar TUDO IGUAL dentro de mim.



Todos os dias me apaixono pela primeira vez pela magia da voz e o fazer soar deles!

Todas as vésperas são de ansiedade!

Todo show é o meu primeiro!

Todos os abraços e beijos são emocionados!

Todos os meus suspiros são de AMOR ETERNO...







MUNDO

(Mário Quintana)



E eis que naquele dia a folhinha marcava uma data em caracteres desconhecidos,

Uma data ilegível e maravilhosa.

Quem viria bater à minha porta?

Ai, agora era um outro dançar, outros os sonhos e incertezas,

Outro amar sob estranhos zodíacos...

Outro...

E o terror de construir mitologias novas!







(A foto - OS NDNS E EU - é de 2000... já foi postada aqui no flog em seu formato "normal"... vasculhem os arquivos, acho até que foi a foto de estréia deste espaço... :o)

jaja não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.