Blog

*PsY*...continuação...

por julianjinha em 06/04/06 - 17h:13m

As origens estão em Goa, na Índia. Ex-colônia portuguesa, lugar de tradicional tolerância e hospitalidade, a região se firmou como destino de mochileiros e hippies nos anos 60. As festas nas praias se tornaram um costume local. Na virada dos anos 80, a música passou a ser eletrônica. Aos poucos, deejays e produtores europeus como Goa Gill, Mark Allen e Youth começaram a desenvolver uma vertente influenciada pelo misticismo indiano, por sons étnicos e pelo rock psicodélico progressivo. A ênfase não era mais o ritmo, mas sim a 'viagem', proporcionada por uso intenso de efeitos de estúdio e de timbres exóticos. Em meados dos anos 90, depois de um acordo de vistos entre Índia e Israel, legiões de jovens recém-saídos dos rígidos anos de serviço militar israelense passaram a se atirar nas raves de Goa. Graças a essa conexão, Israel se tornou o país onde o psy-trance teve o maior impacto no dia-a-dia. Lá, psy-trance toca no rádio, e um artista como Skazi é reconhecido por crianças na rua. Hoje, nomes como Infected Mushroom, Astrix, Analog Pussy e Astral Projection são conhecidos internacionalmente. O fato de serem alguns dos raros artistas israelenses que conseguiram isso faz deles um orgulho nacional.

Ver todos