04/03/08 - 01h:49mDenunciar

............

ao som de "carried away", da Television...





Depois de presenciarmos a barulheira da imprensa desencandeada pela renúncia do líder cubano Fidel Castro, fomos agora surpreendidos com a notícia de uma possível guerra na América Latina. Colômbia, Equador e Venezuela, que no mapa ficam na cabeça do Brasil, estão em crise. A tensão teve início com o ataque de tropas colombianas a um acampamento rebelde das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), no Equador. Como não podia ser diferente do Oriente Médio, a Colômbia tem apoio financeiro dos Estados Unidos. Logo, poderá se transformar em território para guerras, assim como é em Israel. O venezoelano Hugo Chávez, apesar de seus destemperos, resiste às imposições dos Estados Unidos, como o cubano Fidel fez por quase 50 anos de governo. Santo ou pecador, Fidel resistiu às tentativas de assassinato e às invasões territoriais por parte dos EUA. O ditador, tido como cruel devido aos milhares de mortos e presos políticos, preferiu conter a liberdade do povo cubano do que ver seu país dependente dos Estados Unidos. Apesar das mazelas provocadas pelo seu sistema comunista - e qual sistema não provoca enfermidades? - Fidel conseguiu alfabetizar toda a população de seu país e ter incomparáveis níveis de saúde - bem diferente da realidade brasileira, que tem SUS e uma educação ainda aquém do que se propaga por aí.











Carried away - Television

Comentários (1)

jusmith
1. jusmith 5/03/08 1:37

E daí, Branco, se ele passou a lua-de-mel em Nova Iorque (aportugueisado)? Ele resistiu às imposições dos Estados Unidos dentro do seu país - invasões, tentativas de assassinato - e não fora de Cuba. Engraçado né, foi passar a lua-de-mel lá e os curiós americanos não fizeram nada contra ele.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.