13/08/08 - 00h:21mDenunciar

..........

eu com os carolinas: Dênis, Fernando e César.

Aí vai uma poesia sem nome...

César Gilcevi

enrolada na toalha
ela se deita na cama e pragueja:
que se phodam
os tediosos e inúteis dessa cidade

(o quarto o espelho a noite
chafurdam no silêncio
& ela finge não ouvir
o leve batido da mãe na porta)

ensurdecida dentro do walkmen
ela se deita na cama e canta baixinho:
o amor não tem meu número
o amor não tem meu número
oamor

ela sabe que o príncipe encantado perdeu o mapa
e apodrece em prados distantes: hastes pânicas
crescendo na boca muda

ela sabe
e se deita na cama. apenas.


Comentários (2)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.