14/12/04 - 16h:28mDenunciar

O poeta formiguense Sr. Petrônio de Carvalho

Amanhã, dia 15, o poeta formiguense Sr. Petrônio de Carvalho lançará seu primeiro livro de poesias "A boemia, a poesia e seus amores". O evento será realizado no Museu Municipal de Formiga, a partir das 19 horas. As poesias são belíssimas... confiram essa:





Se eu sou boêmio? Não sei



Se eu sou boêmio? Não sei,

não sei o que é boemia,

será que é beber de noite

e depois dormir de dia?



Se sou boêmio? Não sei,

mas passo as noites na rua

declamando meus sonetos

para as estrelas e a lua.



Se sou boêmio? Não sei,

para mim a boemia

é coisa que vem de graça,

que ninguém quer, nem queria.

É beber uma cachaça

um conhaque ou um traçado

só para bater um papo

com alguém do nosso lado.



É reunir os amigos

pra tomar uma cerveja

de qualquer marca que seja

até o raiar do sol

conversar sobre mulheres

ou discutir futebol.



Se sou boêmio? Se é isto

que se chama boemia,

isto eu faço toda hora

toda noite e todo dia.



Bebo moderadamente,

ébrio não sou, nem serei;

por isto é que me perguntam

se eu sou boêmio: não sei!



Às vezes têm certas noites

que beber eu não queria,

mas encontrando um amigo

bebo até raiar o dia!

Será que isto é boemia?

Se é, vocês me desculpem:

é coisa que eu não sabia.



À noite vou passear,

e bebo de bar em bar

só para afogar as mágoas

do meu coração – que esteta!

Se estou errado – eu errei!

Se sou boêmio – eu não sei!

Eu só sei – que sou poeta!

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.