26/08/05 - 02h:33mDenunciar

...

Não sei, sinceramente o que vi de tão interessante em você.

Parando pra analisar friamente, os seus defeitos estão mais evidentes do que suas qualidades.

E porque então não consigo parar de pensar em ti e nos seus olhares?

Se alguma coisa ruim entre a gente acontece, logo passa em virtude da saudade que logo chega.

A história é complicada, eu sei

Há muita coisa envolvida nisso tudo, nesses anos de beijos e brigas, de carinho e distância.

E o tempo me ensinou a deixar o tempo passar.

Talvez a esperança de um dia estarmos juntos não exista mais nesse plano tão racional que vivemos.

Porque emoção e razão caem sempre em contradição quando o assunto é você.

Lógico que depois de tanta lágrima perdida, tanta porta fechada, aprendi a me virar do jeito mais realista possível.

Mas o que sinto talvez seja surreal demais para a minha própria compreensão.

Pois a minha compreensão alcança a simples necessidade e desejo de não olhar pra trás e guardar apenas os momentos bons que tivemos.

Mas não consigo trasformar esse sentimento em saudosismo.

É intenso demais para ficar apenas na lembrança e vem acompanhado da vontade constante de relembrar.

Assim, me vejo perdido e nada parece tão lógico como disse há pouco.

E se o amor tem alguma coisa em comum em todas as suas formas de manifestação é a ausência de lógica.

É um sentimento inexplicável desde sempre.

E nós, por natureza, seres inteligentes e pensantes que somos, precisamos de uma explicação para tudo ou pelo menos a buscamos, afim de sabermos o que fazer, qual decisão tomar, qual caminho percorrer.

Porém, se não descobrimos o porquê de alguma coisa, não podemos agir de uma maneira que faça sentido o que nos torna vulneráveis demais.

Surgem assim os medos, a insegurança e desconfiança.

É difícil admitir que já fostes magoado por alguém.

É difícil admitir que gostas de alguém que não te gosta.

E dói mesmo.

Enfim, nada que não faça bem ao nosso ego é bem-vindo.

Por esse conjunto de características, o amor é um sentimento repelido pela maioria das pessoas que já tiveram qualquer tipo de experiência parecida que não tenha dado certo.

E cada vez mais as laranjas vão ficando podres.

A casca vai ficando cada vez mais dura e impenetrável com o tempo e por dentro tudo amarga ou apodrece.

Mas uma coisa todos hão de concordar comigo.

Não há nada que nos faça mais feliz do que um amor bem vivido.

Ainda existem aqueles que acreditam.

Os mais velhos sempre nos dizem para procurarmos um amor verdadeiro e vivermos cada dia como se fosse o último, tentando passar suas experiências de vida, mas não adianta muito, isso requer maturidade que não vem de um simples conselho.

É preciso saber que ninguém é igual a ninguém e por isso temos que respeitar as diferenças e imperfeições do próximo para que eles nos respeitem também.

Em consequência disso, o amor não pode ter um padrão.

Cada um age e ama de um jeito.

É preciso sim curtir a vida em certos momentos, conhecer novas pessoas e viver algumas relações casuais, pois isso nos ajuda a ampliar nossos horizontes e buscar sempre o melhor.

Também é preciso se cuidar dos falsos "eu te amo" ou daqueles lovemaníacos que te conhecem há uma semana e falam que te amam.

É preciso saber que ninguém é obrigado a retibuir o seu sentimento na mesma moeda, pois por mais especial que você tenha sido, ela não escolhe gostar de você ou não.

Mas no dia que esse sentimento, que embaralha suas prioridades, aparecer na sua vida e você olhar para ela e sentir que está tudo bem, não tenha vergonha nem medo de gritar eu te amo.



E por isso eu admito, EU TE AMO!!!

luizinhoufrj não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.