15/06/06 - 01h:47mDenunciar

Carlinha (prima), Léo (mano) e Eu

Foto bem focada neh?! MAs tem problema nao... essa dae eh minha família!



E eu hj, pra falar a verdade nesse exato momento me sinto uma das pessoas mais felizes do mundo!

Então eu vo resumir uma historinha pra vcs entenderem... Vou começar do "fim".

Hj dia 14/06/2006 meu irmão casou!

Acho q a nossa história começa de verdade quando a gente perde nossa mãe, eu com 11 anos e ele com 16 anos. Ficamos com nosso pai aqui e seguramos a vida numa boua... 3 homens aprendendo a arrumar casa, lavar, fazer comida e nós principalmente aprendendo a seguir sem um carinho e uma voz feminina, sem uma mãe que é realmente A FIGURA pra qualquer ser humano. Não foi fácil, mas as briguinhas constantes se tornaram conversas e logo em seguida uma união que chegava até assustar nosso pai. Foi ele quem cuidou de mim quando eu fikei doente, quando eu me machuquei e vi tudo que eu mais queria na vida (futebol) ir por água abaixo. Foi ele que me consolou na primeira vez que eu chorei por causa de alguém. Era pra ele que eu contava as coisas do meu colégio, da minha faculdade, da menina que eu gostava. O strogonoff mais gostoso do planeta era dele também. Era ele que fazia o brigadeiro quando eu sentia vontade de chocolate. Era com ele que eu ria escandalosamente por coisas absurdamente idiotas que passavam na TV! Sempre fomos diferentes em alguns aspectos. Ele mais caseiro, sério (só com os outros), espiritual, mais estourado também. E eu mais da rua, engraçado, contido! Independente disso a nossa união é forte e só eu sei como eu amo essa pessoa.

E agora, depois de um tempo procurando, ele acha uma pessoa boa, calma assim como ele, divertida e tenho certeza que tudo vai dar certo. É a torcida. Eu sei como ela faz bem a ele e o quanto ele merecia isso. O Léo , vulgo Guimarães, pode não ser tão conhecido, tão popular e amado por todos, mas quem conhece sabe quem ele é. E no final eu podia estar triste por teoricamente "perder" esse companheiro diário, mas sei que não. E tudo isso porque hj eu senti uma coisa que eu realmente acho q nunca senti na vida. Eu provavelmente devo estar mais feliz do que se fosse comigo. E eu escutei hj a palavra que talvez seja a mais correta pra definir isso: Realização. Me sinto realizado, é como se uma parte de mim tivesse dado certo na vida que continua. Bom, eu vou parar de escrever porque nao tá mais dando. Depois de tanta tensão, o casamento deu certo, 90% das pessoas que fazem parte da vida dele e são realmente importantes foram e a felicidade que eu vi no rosto dele hj é impagável. Tô feliz e nem sei mais como expressar isso. O que posso dizer é boa sorte e amo vc(caso vc veja isso)...



As fotos do casamento eu boto quando chegarem a mim... é isso pessoas... =))) alegria alegria!



Em homenagem ao casório, vou botar aki um dos textos mais bonitos que eu já vi, do filme um amor para recordar e que poucos sabem, inclusive eu nao sabia, é da bíblia, descobri hj!













O amor é sofredor, é benigno; o amor näo é invejoso; o amor näo trata com leviandade, näo se ensoberbece.

Näo se porta com indecência, näo busca os seus interesses, näo se irrita, näo suspeita mal;

Näo folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

luizinhoufrj não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.