23/08/06 - 02h:46mDenunciar

Domingão!

Galera aki em casa domingo!







Eu escuto toda hora alguém falando aquela célebre frase : " a partir de agora, vou dar valor a quem me dá também" ... Volta e meia esse pensamento passa na minha cabeça, mas isso me parece no mínimo utópico. É só pensar que eu não gosto de uma pessoa pelo simples fato dela ser simpática, inteligente e bonita. Isso tem aos montes espalhados por aí.

Saber porque nos apegamos mais a uma pessoa do que a outras realmente parece uma pergunta sem resposta.

Posso falar que num primeiro momento as coisas são semelhantes a um cinema. Vemos um filme num dia e achamos péssimo e 3 semanas depois revemos e achamos ótimo influenciados unicamente pelo nosso humor, astral momentâneo.

Mas tratando-se de pessoas, o filme não tem fim e torna-se inexplicável o fato de você dar valor a alguém que talvez nem tenha ou mereça esse valor.

Falamos do sorriso bonito, do olhar cativante e do beijo bom que provavelmente outras pessoas tenham conhecimento.

Mas por que quando é "naquela" pessoa que pensamos, dizer essas coisas parece insuficiente?

Se existem tantos outros sorrisos e olhares admiráveis, Por que "aquele" parece único?

Se ela é bonita ou feia, rica ou pobre, inteligente ou burra, simpática ou antipática diante da opinião coletiva, pouca diferença faz no final.

O que realmente se faz notável é o fato de você não saber o que falar quando ela te sorri. Não saber o que fazer, quando com tantas pessoas nesse mundo, é dela que vc sente mais falta. É dizer "você é linda" sem nunca estar satisfeito por ter que repetir essa frase comum demais aos ouvidos dela.

É não saber e nem ter como explicar o porquê dela importar tanto assim...

luizinhoufrj não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.