03/10/05 - 14h:23mDenunciar

Ainda Navio

Eu sou aquele navio no mar sem rumo e sem dono.

Tenho a miragem do porto pra reconfortar meu sono.

E flutuar sobre as águas da maré do abandono.



Ê, lá no mar eu vi uma maravilha...

Vi o rosto de uma ilha numa noite de luar.



Êta, luar... lumiou meu navio...

Quem vai lá no mar bravio não sabe o que vai achar.



E sou a ilha deserta onde ninguém quer chegar.

Lendo a rota das estrelas, na imensidão do mar.

Chorando por um navio...

Ai, ai, ui, ui...

Que passou sem lhe avistar.



[Lenine - Miragem do Porto]

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.