09/07/06 - 15h:16mDenunciar

† † †

† † † † † † † † † † † †





A um livro





No silêncio de cinzas do meu Ser,

Agita-se uma sombra de cipreste,

É uma sombra triste que ando a ler,

No livro cheio de mágoa que me deste!



Estranho livro aquele que escreveste

Poeta da saudade e do sofrer

Estranho livro em que puseste

Tudo o que eu sinto sem poder dizer!



Parece que folheio toda a minha alma!

O livro que me deste,é meu e salma

As orações que chorou e rio e canto!



Poeta igual a mim,ai quem me dera

Dizer o que tu me dizes!Quem soubera

Velar a minha dor deste teu manto!





Florbela Espanca









-me:atualizando...ainda está escuro...mas estou bem...tenho a companhia de vocês...que me fazem sentir viva...obrigado pelos coments...pela presença...pelo carinho...isso me faz bem...tão bem.



Cuidem-se...sejam felizes...desejo que seja pra sempre.











† † † † † † † † †











(José Carlos)

(Ich Liebe Dich)

(passe o tempo que passar)

(é verdadeiro)

(é infinito)

(é pra sempre!)





visitem também:www.flogao.com.br/alguemqueamaalguem











. . . . . . . . . "Sonhar é acordar-se para dentro." Volte sempre! . . . . . . . . by ^Melancolia^ . . . . . . . . .

melancolia não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.