13/06/05 - 17h:45mDenunciar

~/me (Mennynna) e Gi (Gidiaz)~

~Na foto eu e a *Giselle (pq eu posso dizer q agente tem zilhões de fotos juntas heheheh) e pq eu amo d+ essa mocinha ;*

~Dia dos namorados foi bom..

~Já sinto saudades do meu amor ~

~Beijos a todos q comentem aki ;*~

~Abaixo vou por um texto pra reflexão ae ;) mto bom, meu amor q pesquisou e me deu.. otimo mesmo, LEIAM TUDO por favor!!

----------------------***************------------------
--------

~Pesquisado por Michel Sales

~Tirado da Revista Valhalla Metal Magazine

~Da Redatora Ana Elisa "Lefay"



(“Heav”olução da Mulher)



- Já notaram que com uma certa velocidade, as Bandas com integrantes femininos – e tmb as formadas por elas – vêm dominando cada vez mais a cena Heavy Metal mundial?

Mas isto não é nada recente. Desde os primórdios, as mulheres traçam seu caminho ao lado dos “Bad Boys” do Rock ‘N’Roll...

Com tanta revolução pouco se estranha o fato da mulher ter conquistado tmb o meio mais machista e brutal da musica, o Heavy Metal. Janis Joplin foi uma das primeiras a se arriscar no Rock, e uma das q mais da vida abusou. Janes começou sua carreira em 1961 e antes mesmo de poder contemplar a fama, veio a óbito por uma intoxicação por morfina, no dia 04/10/1970.

Outra q embora tenha feito grandes mudanças era dada ao excesso, foi Wendy Orleans Williams, vocalista do plasmatics. Foi ela quem surgiu com o penteado moicano, q marcou a revolução Punk, e é incorporado no visual até os dias de hj. Ela era o perfeito reflexo da sociedade americana. Atuou em filmes pornôs e era mto conhecida pelas performances explosivas nos palcos. Um de seus filmes foi “Reformatório de Mulheres”. -Quem se lembra? Wendy comenteu suicídio no dia 07/04/1998, dando um tiro em sua cabeça. Ela não suportava mais viver em um mundo de decadência.

Enquanto algumas mulheres se revoltam, outras estavam ligadas um pouco mais ao universo depressivo. Depois de terem exemplos como Siouxsie e Colteau Twins, q conseguiram um bom espaço no gótico tradicional dos anos 80 e sendo confundidas como cantoras de New Wave, as mulheres invadedm o Gothic e o Doom Metal com suas adoráveis vozes de anjos (ou não). Uma das primeiras bandas q se destacou ao colocar vocais femininos angelicais em suas lamurias guturais foi o Paradise Lost, mas antes deles o Celtic Frost já trazia “Back Vocals” com doces damas. Depois surgiram Theatre Of Tragedy, The Gathering, 3RD and The Mortal, Dreams of Sanity, Lacuna Coil, The Sins Of Thy Beloved, Tristania, Nightwish, After Forever, Trail OF Tears, Flowing Tears, Lullacry, entre outras. Hj é mais do fácil encontrarmos “Sarah Brightman’s” cantando ao lado de Dani Filth, e cantoras líricas como Sharon Del Adel (Within Temptation), ou Astrid Van Der Veen (mais conhecida pelo Ambeon) fazendo o vocal com mto profissionalismo (ela só tem 14 anos). Nesta fase do Heavy Metal, q parece ser bem extensa e uma das q cresce com mais rapidez, felizmente encotramos em sua maioria, excelentes Bandas, com um trabalho musical soberbo.

O Gothic Metal e o Metal Sinfônico (com a Rainha Lana Lane, Edenbridge, Nightwish...) estão fazendo parte da “nata” do Metal.

Após esta breve respectiva da atividade da mulher, resta alguma dúvida sobre a importância delas? Qual seria então a maior gloria senão poder influenciar outras pessoas por meio de suas idéias? Qual seria maior vitória q seus desejos estarem fazendo parte do cotidiano de outras pessoas? E quais os melhores meios de expressar os sentimentos e idéias se não por literatura e música?

Por isso, “Keep on Rockin”!!!



\,,/ Viva ao Heavy Metal e as nós Mulheres Heavs \,,/













**My FlogBrasil (visitem)

***My Fotolog.NeT

****My Orkut (add )



Postado por Mennynna Arieugif **

Ao Som De Tristania ~ Libre

mennynna não permite ver os comentários desta foto.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.