22/01/06 - 23h:15mDenunciar

Com sufoco e gol polêmico anulado, Verdão segue 100%

Mogi pressiona no final, mas não consegue arrancar empate do líder do Paulistão



LANCEPRESS!



Mesmo com sufoco nos minutos finais, o Palmeiras continua com sua campanha perfeita no Campeonato Paulista. O Verdão venceu o Mogi Mirim por 2 a 1 e continua com 100% de aproveitamento na competição.



Um gol de mão marcado pelo atacante Edmundo e corretamente anulado pela arbitragem causou polêmica.



A partida foi marcada por dois tempos muito distintos, sendo o primeiro sem lances perigosos e o segundo, no qual saíram todos os gols do jogo, muito mais movimentado.



O jogo começou com o Palmeiras jogando mal e o Mogi Mirim pressionando. Logo aos oito minutos, Gérson chutou da entrada da área, exigindo boa defesa do goleiro Marcos.



O primeiro lance de perigo do Palmeiras ocorreu apenas aos 18 minutos, quando Lúcio cruzou, o goleiro Edervan deixou a bola escapar, mas o Palmeiras errou na conclusão. O jogo esfriou, e os dois times passaram a errar muitos passes no ataque.



Christian, que ganhou a vaga de titular do suspenso Ricardinho, errou muito e levou muitas broncas do técnico Leão.



Em mais um erro na saída de bola pelo meio, aos 29 minutos, o Palmeiras deu um contra-ataque ao Mogi, mas o lançamento foi muito comprido e Marcos afastou com um chutão.



O Palmeiras ainda foi prejudicado pela lesão de Enílton, que sentiu dores na coxa esquerda em lance na defesa e foi substituído por Washington.



O jogo continuou muito ruim por toda a primeira etapa e nenhuma das equipes chegou ao ataque com perigo. Tanto que o primeiro chute a gol do Palmeiras ocorreu apenas aos 42 minutos, quando Crhistian aproveitou bola rebatida após escanteio. No entanto, a bola passou longe, por cima do gol.



Na volta para o segundo tempo, Leão tirou Christian do time, como era esperado. Gioino entrou em seu lugar.



O Palmeiras melhorou e, logo aos cinco minutos, Corrêa cruzou e Edmundo fez o gol, mas com a mão. O árbitro validou o gol, mas o auxiliar Flávio Lúcio Magalhães alertou-o sobre o uso da mão. O gol foi anulado e Edmundo recebeu o cartão amarelo.



Aos nove minutos, o Palmeiras abriu o placar. Marcinho cruzou e Paulo Baier cabeceou no ângulo esquerdo de Edervan.



Quatro minutos mais tarde, Marcinho Guerreiro foi driblado, cometeu falta e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso.



O Palmeiras pressionou, e aos 18 minutos, em cruzamento na área, Gioino foi seguro e o árbitro marcou pênalti. Marcinho bateu no ângulo direito do goleiro e marcou o segundo do Palmeiras.



A partir da metade do segundo tempo, o Palmeiras recuou e foi pressionado pelo Mogi, que chegou pela primeira vez com perigo aos 29 minutos, mas Josué chutou mal.



O Palmeiras sofreu ainda um pênalti, aos 32 minutos, quando Paulo Baier foi derrubado. O árbitro, entretanto não marcou.



Após o lance de Baier, o Palmeiras passou a ser pressionado. Aos 35 minutos, Marcos fez defesa difícil em chute de Fernando e espalmou para escanteio.



Dois minutos depois, em jogada pela lateral, Marquinhos Alagoano cruzou e Dinei apenas colocou o corpo na trajetória da bola para marcar para o Mogi Mirim.



O Mogi continuou pressionando o Palmeiras na busca pelo empate. Em boa jogada pela direita, Rodrigo chutou forte, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora, assustando a torcida palmeirense no estádio. Aos 47, no último lance perigoso, após cobrança de falta, a bola sobrou livre para Josué na entrada da Pequena área, mas o jogador furou.



O próximo jogo do Palmeiras pelo Paulistão ocorrerá no sábado, contra a Portuguesa santista, no Parque Antarctica. Antes disso, o Verdão enfrentará o Deportivo Táchira, na quarta-feira, pela Libertadores, também em seu estádio. Já o Mogi enfrentará a Portuguesa, em Mogi Mirim, no próximo domingo.



FICHA TÉCNICA

MOGI MIRIM 1 x 2 PALMEIRAS



Data-Hora: 22/01/2006, às 18h10 (de Brasília)

Local: Estádio Papa João Paulo II, em Mogi Mirim (SP)



Árbitro: Anselmo da Costa

Assistentes: Flávio Magalhães e Reginaldo Dias



Gols: Paulo Baier, 9'/2ºT (0-1), Marcinho, 19'/2ºT (0-2) e Dinei, 37'2ºT (1-2)



Cartões amarelos: Rodrigo, Xandão, Marcos Vinícius, Ramos, do Mogi, e Paulo Baier, Gioino, Edmundo, Marcinho Guerreiro, do Palmeiras.

Cartões Vermelhos: Marcinho Guerreiro, aos 13 min do 2º tempo.





MOGI MIRIM: Edervan, Rodrigo, Leandro, Xandão e Marcos Vinícius; Wellington, Roberto (Amaral), Ramos (Josué) e Fernando Marcioly; Dinei e Gérson (Marquinhos Alagoano) - Técnico: Val de Melo



PALMEIRAS: Marcos, Paulo Baier, Daniel, Gamarra e Lúcio; Marcinho Guerreiro, Corrêa, Marcinho e Cristian (Gioino); Edmundo (Alceu) e Enílton (Washignton) - Técnico: Emerson Leão



____________________________________


______________



Outras Notícias:



Edmundo acusa repórter de dedurar gol de mão



Para Paulo Baier, atitude levou Palmeiras à vitória



Baier marca primeiro gol com a camisa do Verdão







ORGULHO DE SER PALMEIRENSE



_________________ __________________________ ___________________



email: flogãopalmeiras@yahoo.com.br

msn: flogaopalmeiras@hotmail.com





Não deixe de colaborar, mande sua crítica, sugestão e contribuição para nosso email.





Obs: Não respondam aos gambás e bambis que comentam aqui, se eles comentam é mais um prova do quanto somos grandes e incomodamos. Os comentarios serão deletados o mais rápido possível.

Comentários (2)

crvasc0
1. crvasc0 22/01/06 23:34

ISSO AE VERDÃO TA R0X NO CAMPEONATO
FORTE CANDIDATO AO TITULO
F
U
I

edysurf
2. edysurf 23/01/06 7:16

QUERO VER TIRA ESSE TITULO AGORA MANU FLOW AE EH NOIS

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.